Acervo: ICMBio

15 Anos CECAV

Acervo: ICMBio

PAN Cavernas do São Francisco

Acervo: ICMBio

CECAV

Destaques

PAN Cavernas do São Francisco

Conheça o Plano de Ação para a Conservação do Patrimônio Espeleológico nas Áreas Cársticas da Bacia do Rio São Francisco.  Clique para saber mais


Coleta de dados relativos à localização de cavidades

Rotina de coleta de dados relativos à localização das entradas principais das cavidades naturais subterrâneas.


Monitoramento do Patrimônio Espeleológico

O CECAV, deu início, em 2010, ao Projeto Monitoramento e Avaliação de Impactos sobre o Patrimônio Espeleológico.

 

Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Cavernas

O CECAV foi instituído em 5 de junho de 1997, como Centro Especializado voltado ao Estudo, Proteção e Manejo de Cavernas, enquadrado na categoria de Unidade Descentralizada do IBAMA. Sua criação ensejou uma série de apelos e  considerações que, formuladas pela sociedade brasileira, foram encaminhados ao Congresso Nacional, visando à efetiva implantação e estruturação deste Centro.

Em 2007, com a criação do Instituto Chico Mendes, por meio da Lei nº 11.516, de 28/08/2007, e a definição de suas competências e finalidades, pelo Decreto nº 6.100, de 26/04/2007, a maioria dos Centros Especializados do IBAMA foi incorporada à estrutura organizacional do novo Instituto, dentre eles o CECAV.

Gruta do Trapiá, Felipe Guerra-RN, Foto: Diego Bento

Publicada no Diário Oficial da União, de 04 de setembro de 2009, a Portaria nº 78/2009, do Instituto Chico Mendes, criou os Centros Nacionais de Pesquisa e Conservação, com objetivo de reconhecê-los como unidades descentralizadas. A partir de então, o CECAV passou a ser denominado Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Cavernas e está vinculado à Diretoria de Pesquisa, Avaliação e Monitoramento da Biodiversidade do Instituto.

Ao longo de sua existência, o CECAV construiu uma identidade e conquistou espaço, criou laços com os mais diversos segmentos da sociedade, atuando de forma conjunta com os diferentes entes que compõem o SISNAMA e atendendo às determinações ministeriais para condução dos processos de discussão interinstitucionais, especialmente voltados ao atendimento da legislação ambiental relativa ao Patrimônio Espeleológico. Em consequência, hoje o CECAV é reconhecido como principal responsável pela conservação do Patrimônio Espeleológico Nacional, destacando-se como interlocutor governamental no campo da espeleologia.


Leia mais

Base de dados

Cavidades do Brasil

Leia mais

Legislação espeleológica

Download

Leia mais

Revista brasileira de espeleologia

Leia mais

Comitê Técnico Consultivo IN 2/2009/MMA