foto: ICMBio

Conheça mais sobre o CEPNOR

foto: ICMBio

Conheça nossos Boletins Científicos

Leia Mais
  • Sexta-Feira

    Chuva

    32 °C

    25 °C

  • Sábado

    Chuva

    32 °C

    23 °C

Belém - PA

  • Quarta-Feira

    Pancadas de Chuva

    31 °C

    24 °C

  • Quinta-Feira

    Pancadas de Chuva

    30 °C

    24 °C


Artigo 02

PRODUÇÃO DE PESCADO E RELAÇÕES INTERESPECÍFICAS NA BIOCENOSE CAPTURADA POR CURRAIS-DE-PESCA, NO ESTADO DO CEARÁ
Boletim Técnico Científico - Volume 01 - Numero 2
Resumo
Neste trabalho estudamos as tendências de variação trianual e mensal do esforço de pesca, produção e índice de abundância das principais espécies capturadas por currais-de-pesca. Foram identificadas as épocas de maior abundância das espécies-presas (sardinha-bandeira, Opisthonema oglinum; e palombeta, Chloroscombrus chrysurus) e das espécies-predadoras (espada, Trichiurus lepturus; serra, Scomberomorus brasiliensis; bonito, Euthynnus alletteratus; e camurupim, Tarpon atlanticus), para a montagem de uma cadeia alimentar formada pelos níveis tróficos III e IV. A base de dados faz parte do sistema de controle estatístico do esforço (dias de despesca) e produção (número e peso dos indivíduos) realizado em Almofala (Itarema-Ceará), no período de 1962 a 1982. O esforço de pesca apresentou valores médios anuais de 7 currais, 202 dias de despesca/curral e 1.416 dias de despesca, com tendência decrescente, e maior e menor concentrações nos meses de março-julho e agosto-novembro. A produção anual tem as seguintes ordens decrescentes em número de indivíduos, 1-sardinha-bandeira, 2-palombeta, 3-espada, 4-serra, 5-bonito e 6-camurupim; e em peso, 1-sardinha-bandeira, 2-palombeta, 3-camurupim, 4-serra, 5-espada e 6-bonito. O camurupim e a serra são as espécies com maior importância econômica. As épocas de safra são: sardinha-bandeira, em maio-julho; palombeta, em junho-julho e outubro-dezembro; espada, em abril-julho; serra, em março-junho; bonito, em dezembro-maio; e camurupim, em outubro-novembro. A produção de uma unidade de curral atingiu, em média, 77,7 kg (dia), 2.176 kg (mês) e 16.534 kg (ano) com valores equivalentes, para o conjunto de currais, de 543,9 kg, 15.229 kg e 115.735 kg, respectivamente.
Abstract
In this paper variation of triannual and monthly trends in fishing effort, yield and abundance index of the main species caught by fish-weirs with the aim of identifying the best harvest times and linking the occurrence of high abundance periods of prey species (Atlantic thread-herrring, Opisthonema oglinum, and bumper, Chloroscombrus chrysurus) and predator species (cutlassfish, Trichiurus lepturus, Spanish mackerel, Scomberomorus brasilisensis, little-tunny, Euthynnus alletteratus and tarpon, Tarpon atlanticus) for the setup of a feeding chain with trophic levels III and IV. The database is part of a statistical control system of fishing effort (days fishing) and yield (numbers and weight) carried out at Almofala (Itarema county, Ceará State, Brazil) in the period 1962-1982. Fishing effort had mean values of 7 fish-weir units, 202 days fishing/fish-weir and 1,416 days fishing, with a downward trend and high and low concentrations times in March-July and August-November. Annual yield by species was decreasing in the following order: in numbers, Atlantic thread-herring, bumper, cutlassfish, Spanish mackerel, little-tunny and tarpon; in weight, Atlantic thread-herring, bumper, tarpon, Spanish mackerel, cutlassfish and little-tunny. Tarpon and Spanish mackerel are the most commercially-important species. The best harvest times by species are: Atlantic thread-herring May-July; bumper June-July and October-December; cutlassfish April-July; Spanish mackerel March-June; little-tunny December-May; tarpon October-November. Yield by a fish-weir unit showed values of 77.7 kg.day-1, 2,275 kg.month-1 and 16,534 kg/year-1, with the equivalent figures of 543.9 kg , 15,229 kg and 115,735 kg, for the whole set of fish-weirs in operation.
Arquivos Visualize em PDF
Palavras-Chave produção, pescado, currais-de-pesca, Ceará