destaque parnaabrolhos2


O Que Fazer

Centro de Visitantes do Parque Nacional Marinho dos Abrolhos

Na Praia do Kitongo, em Caravelas/BA, o visitante a fim de conhecer o Parque poderá realizar uma visita monitorada passando por painéis, videos e informações junto aos recepcionistas sobre os atrativos e a conduta desejável para a visita ao Parque.
 O local abriga ainda uma uma réplica de baleia jubarte em tamanho natural de um adulto, e a Trilha do Marobá, onde o visitante tem contato com os ecossistemas costeiros da restinga e dos manguezais.

Visitação embarcada ao Arquipélago dos Abrolhos

A cerca de 70 km de Caravelas, os visitantes tem contato com o Arquipélago dos Abrolhos, composto por um conjunto de cinco ilhas originadas de atividades vulcânicas. Das embarcações que realizam passeio ao Parque, é possível avistar as  ilhas da Redonda, Siriba, Guarita, Sueste e Santa Bárbara. Nesta última, sob jurisdição da Marinha do Brasil, é mantido desde 1861 o Farol de Abrolhos.

Mergulho Livre e Mergulho Autônomo

A observação do fundo mar na área de maior biodiversidade marinha do Atlântico sul proporciona uma rica experiência aos visitantes. Seja em águas rasas ao redor das ilhas do Arquipélago, seja em áreas mais profundas, é possível observar peixes recifais, corais, gogônias, tartarugas marinhas entre tantos outros seres. O Parque abriga ainda 03 naufrágios abertos à visitação, e uma extensa área de chapeirões - formações recifais únicas, em formato de grandes cogumelos de até 30 metros.

Desembarque e Trilha Monitorada na Ilha Siriba

A região destinada à essa atividade é um anel formado por diferentes tipos de terrenos numa faixa estreita ao redor da ilha que recebe a influência da maré. Possui uma extensão de cerca de 1600 metros.A influência de marés determina modificações nas condições do percurso ao longo do dia. A ilha Siriba é indicada como área de nidificação de aves marinhas com possibilidade de ver de perto os ninhos dos atobás e grazinas.

Observação de Aves Marinhas

De uma maneira geral as aves ocupam as cinco ilhas e o espaço aéreo e aquático existente entre elas. Apresentam comportamentos de alimentação, descanso, rapinagem, disputa sexual, acasalamento, nidificação, proteção e cria de filhotes, entre outros.

As principais espécies avistadas ao longo de todo o ano são os atobás-mascarados, atobás marrons, fragatas, grazina do bico vermelho, grazina do bico amarelo. De março a setembro, milhares de beneditos ou viuvinhas pretas são avistadas utilizando a ilha Guarita para reprodução.

Observação de Baleias Jubartes

De julho a novembro a região de Abrolhos é marcada pela presença das baleias jubartes, que tem ao redor do Arquiélago dos Abrolhos a maior concentração de baleiais que procuram a região para reprodução e cuidado com os filhotes. Em toda a região é possível ainda observar comportamentos reprodutivos como grandes grupos de machos disputando fêmeas para acasalamento, entre outros.