Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Fauna Brasileira > Lista de Espécies Ameaçadas > Aves - Crax fasciolata pinima Pelzeln, 1870 - Mutum-pinima
Início do conteúdo da página

Aves - Crax fasciolata pinima Pelzeln, 1870 - Mutum-pinima

Classificação Taxonômica
Grupo
Classe:
Ordem:
Família:
Espécie:
Nome Vulgar:
Aves
Aves
Galliformes
Cracidae
Crax fasciolata pinima Pelzeln, 1870
Mutum-pinima
Categoria de Ameaça
Categoria Validada:
Critério Validado:
Presença Lista Anterior:
CR
A2cd; C1
IN MMA 003/2003
Justificativa
Crax fasciolata pinima é restrita ao Centro de Endemismo Belém, com ocorrência nos estados do Pará e Maranhão. É, seguramente, uma das aves mais ameaçadas de extinção em toda a região neotropical. É conhecida por poucos exemplares depositados em museus e não há registros comprovados na natureza desde 1978. Apenas uma fêmea deste táxon é encontrada em cativeiro. A região onde ocorria é, hoje, a mais descaracterizada de toda a Amazônia. O táxon perdeu mais do que 75% de seu habitat original. É intolerante a alterações de habitat, restrita a florestas primárias e sofre intensa pressão de caça. A floresta primária nas áreas remanescentes continua sofrendo degradação e considera-se que não existe mais habitat ótimo para este táxon. Suspeita-se que o declínio populacional devido à perda de habitat e à caça tenha sido maior que 80% em três gerações (35 anos). A população é certamente menor que 50 indivíduos maduros. Por estas razões, Crax f. pinima foi categorizada como Criticamente em Perigo (CR) pelos critérios A2cd; C1.
Especialistas
Alexander Charles Lees, Alexandre Luis Padovan Aleixo, Christian Borges Andretti, Edson Varga Lopes, Luciano Nicolas Naka, Luís Fábio Silveira, Luiz Augusto Macedo Mestre, Mário Cohn-Haft, Sérgio Henrique Borges, Sidnei de Melo Dantas, Thiago Orsi Laranjeiras, Túlio Dornas de Oliveira
Referências
1) BirdLife International 2012 Species factsheet: Crax fasciolata. Disponível em http://www.birdlife.org Acesso em 13/07/2012
2) Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA) 2003. Instrução Normativa n° 03, de 27 de maio de 2003 – Lista das Espécies da Fauna Brasileira Ameaçadas de Extinção.
3) Portes, C. E. B.; Carneiro, L. S.; Schunck, F.; Silva, M. S.’ Zimmer, K. J.; Whittaker, A.; Poletto, F.; Silveira, L. F. e Aleixo, A. 2011. Annotaded checklist of birds recorded between 1998 and 2009 at nine areas in hte Belém area of endemismo, with notes on some extra range extensions and the conservation status of endangered species. Ararajuba - Revista Brasileira de Ornitologia v. 19, n. 2, p. 167-184.
4) Secretaria do Estado do Meio Ambiente do Estado do Pará. 2007. Resolução N 054 de 24 de outubro de 2007. Homologa a lista de espécies da flora e fauna ameaçadas de extinctão do Estado do Pará.
5) Sick, H. 1997. Ornitologia Brasileira. Editora Nova Fronteira, Rio de Janeiro, Brazil.
6) Silveira, L.F.; Soares, E.S., Bianchi, C.A. 2008. Plano de Ação Nacional para a Conservação de Galiformes Ameçados de Extinção (arucuãs, jacus, jacutingas, mutuns e urus). Brasilia. ICMBio, 90p. ISBN 978-85-61842.
7) Silveira, L.F. 2008. Crax fasciolata pinima Pelzeln, 1870. In: A.B.M.Machado G.M.Drummond & A.P.Paglia (eds.). Livro vermelho da fauna brasileira ameaçada de extinção (Volume 2:430-431). Brasília, Ministério do Meio Ambiente; Belo Horizonte, Fundação Biodiversitas. Série Biodiversidade n° 19 2 volumes, 907+511 p.
Fim do conteúdo da página