Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Fauna Brasileira > Lista de Espécies Ameaçadas > Aves - Cyanopsitta spixii (Wagler, 1832) - Ararinha-azul
Início do conteúdo da página

Aves - Cyanopsitta spixii (Wagler, 1832) - Ararinha-azul

Classificação Taxonômica
Grupo
Classe:
Ordem:
Família:
Espécie:
Nome Vulgar:
Aves
Aves
Psittaciformes
Psittacidae
Cyanopsitta spixii (Wagler, 1832)
Ararinha-azul
Categoria de Ameaça
Categoria Validada:
Critério Validado:
Presença Lista Anterior:
CR (PEW)
D
IN MMA 003/2003
Justificativa
Cyanopsitta spixii é espécie endêmica do Brasil, com distribuição provável no sertão da BA e de PE. Desde outubro de 2000, quando o último indivíduo livre conhecido desapareceu, C. spixii não foi mais observada na natureza (D), apesar de buscas recorrentes. Foram percorridos mais do que 55.000km desde 1990, mas ainda há áreas de ocorrência potencial não adequadamente vasculhadas. As principais causas do seu desaparecimento são tráfico de animais silvestres e perda e degradação de habitat. É provável que a espécie esteja extinta na natureza.
Especialistas
Alan Loures-Ribeiro, Andrei Langeloh Roos, Antonio Emanuel B. Alves de Souza, Caio Graco Machado, Elivan Arantes de Sousa, Erich de Freitas Mariano, Francisco N. Sagot-Martin, Helder Farias Pereira de Araújo, Joao Luiz Xavier do Nascimento, Jorge Nascimento, Juan Manuel Ruiz-Esparza Aguilar, Lemuel Olívio Leite, Luís Fábio Silveira, Marcos Pérsio Dantas Santos, Rachel Maria Lyra-Neves, Rômulo Ribon, Severino Mendes Azevedo Junior, Wallace Rodrigues Telino-Júnior, Weber Andrade de Girão e Silva
Referências
1) Bampi, M.I. & Da-Ré, M. 1994. Recovery program for the Spix’s Macaw (Cyanopsitta spixii): conservation in the wild and reintroduction program, p.188-194. III International Parrot Convention. Proceedings.
2) Barros, Y.M. & Bianchi, C.A. 2008. Cyanopsitta spixii (Wagler, 1832), p.471-472. In: Machado, A.B.M.; Drummond, G.M.; Paglia, A.P. (orgs.). Livro Vermelho da Fauna Ameaçada de Extinção no Brasil. Ministério do Meio Ambiente e Fundação Biodiversitas. v.2, 460p.
3) Barros, Y.M.; Soye, Y.; Miyaki, C.Y.; Watson, R.; Crosta, L. & Lugarini, C. 2012. Plano de ação nacional para a conservação da ararinha-azul: Cyanopsitta spixii. Série Espécies Ameaçadas, 9. 148p.
4) Collar, N.J.; Gonzaga, L.A.P.; Krabbe, N.; Madroño-Nieto, A.; Naranjo, L.G.; Parker, T.A., III & Wege, D.C. 1992. Threatened Birds of the Americas: The ICBP/IUCN Red Data Book. 3th ed. International Council for Bird Preservation. 1150p.
5) Grantsau, R.K.H. 2010. Guia completo para a identificação das aves do Brasil. Parte I. Vento Verde. 624p.
6) Juniper, T. 2002. Spix’s Macaw: The race to save the world’s rarest bird. Harper Collins Publishers. 296p.
7) Juniper, T. & Yamashita, C. 1990. The conservation of Spix’s Macaw. Oryx, 24(4): 224-228.
8) Juniper, T. & Yamashita, C. 1991. The habitat and status of Spix’s Macaw Cyanopsitta spixii. Bird Conservation International, 1: 1-9.
9) Soye, Y. & Barros, Y.M. 2004. Saving the Spix’s Macaw Cyanopsitta spixii – a Captive Management and Species Recovery Handbook. Relatório Técnico. Ibama/Loro Parque Fundación.
10) Yamashita, C. 2002. Histórico comentado sobre a arara-azul-de-spix (Cyanopsitta spixii), um especialista de habitat da Caatinga, p.229-235. In: Galetti, M. & Pizo, M.A. (eds.). 2002. Ecologia e conservação de psitacídeos no Brasil. Melopsittacus Publicações Científicas. 236p.
Fim do conteúdo da página