Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Fauna Brasileira > Lista de Espécies Ameaçadas > Aves - Dendrocincla merula badia Zimmer, 1934 - Arapaçu-da-taoca
Início do conteúdo da página

Aves - Dendrocincla merula badia Zimmer, 1934 - Arapaçu-da-taoca

Classificação Taxonômica
Grupo
Classe:
Ordem:
Família:
Espécie:
Nome Vulgar:
Aves
Aves
Passeriformes
Dendrocolaptidae
Dendrocincla merula badia Zimmer, 1934
Arapaçu-da-taoca
Categoria de Ameaça
Categoria Validada:
Critério Validado:
Presença Lista Anterior:
VU
A2c
IN MMA 003/2003
Justificativa
A subespécie se restringe ao centro de endemismo Belém, o menor dos Centros de Endemismo amazônicos, e que já perdeu 70% de sua cobertura vegetal original. Estima-se que perdeu cerca de 30% de sua população dentro de um intervalo de três gerações (15 anos), decorrente da perda de habitat, da dependência de florestas e de formigas de correição, que necessitam de grandes áreas. Por estas razões, a espécie foi categorizada como Vulnerável (VU) A2c.
Especialistas
Alexander Charles Lees, Alexandre Luis Padovan Aleixo, Christian Borges Andretti, Edson Varga Lopes, Luciano Nicolas Naka, Luís Fábio Silveira, Luiz Augusto Macedo Mestre, Mário Cohn-Haft, Sérgio Henrique Borges, Sidnei de Melo Dantas, Thiago Orsi Laranjeiras, Túlio Dornas de Oliveira
Referências
1) Aleixo, A. 2008. Dendrocincla merula badia. In: Angelo Barbosa Monteiro Machado; Gláucia Moreira Drummond; Adriano Pereira Paglia. (Org.). Livro vermelho da fauna brasileira ameaçada de extinção. 1 ed. Belo Horizonte: Fundação Biodiversitas, v. 2, p. 523-524.
2) Barlow, J., T. Haugaasen, C.A. Peres. 2002. Effects of ground fires on understorey bird assemblages in Amazonian forests. Biological Conservation 105: 157-169.
3) Burlamaqui, T.C.T. 2008. Relações Filogenéticas no Complexo Dendrocincla merula (Aves, Dendrocolaptidae). Dissertação de mestrado. Universidade Federal do Pará.
4) Cintra, R., A.E. Maruoka, L.N. Naka. 2006. Abundance of two Dendrocincla woodcreepers (Aves: Dendrocolaptidae) in relation to forest structure in Central Amazonia. Acta Amazonica 36(2): 209-220.
5) Comitê Brasileiro de Registros Ornitológicos. 2011. Listas das aves do Brasil. 10ª Edição, 25/1/2011, Disponível em http://www.cbro.org.br Acesso em: 30/03/2011.
6) Dantas, S.M.; M.S. Faccio; M.F. Lima. 2011. Avifaunal inventory of the Floresta Nacional de Pau Rosa, Maues, state of Amazonas, Brazil. Revista Brasileira de Ornitologia 19(2): 154-166.
7) Henriques, L.M.P., J.M. Wunderle Jr., D.C. Oren, M.R. Willig. 2008. Efeitos da Exploração Madeireira de Baixo Impacto sobre uma Comunidade de Aves de Sub-bosque na Floresta Nacional do Tapajós, Pará, Brasil. Acta Amazonica 38(2): 267-290.
8) Lees, A.C.; N.G. Moura, A.S. Silva, A.L.P. Aleixo, J. Barlow, E. Berenguer, J. Ferreira, T.A. Gardner (submetido). Paragominas: a quantitative baseline inventory of an eastern Amazonian avifauna. Revista Brasileira de Ornitologia.
9) MPEG. 2006. Oficina de trabalho “discussão e elaboração da lista de espécies ameaçadas de extinção do Estado do Pará”. Relatório Técnico.
10) Novaes, F.C. 1970. Distribuição ecológica e abundância das aves em um trecho da mata do Baixo Rio Guamá (Estado do Pará). Boletim do Museu Paraense Emilio Goeldi – Zoologia 71: 1-54.
11) Portes, C.E.B.; L.S. Carneiro, F. Schunck, M.S.S. Silva, K.J. Zimmer, A. Whittaker, F. Poletto, L.F. Silveira, A. Aleixo. 2011. Annotated checklist of birds recorded between 1998 and 2009 at nine areas in the Belém area of endemism, with notes on some range extensions and the conservation status of endangered species. Revista Brasileira de Ornitologia, 19:167–184.
12) Stotz, D. F.; Fitzpatrick, J.W.; Parker, T.A. & Moskovits, D. K. 1996. Neotropical birds: ecology and conservation. University of Chicago Press.478p.
13) Silva, J.M.C., A.B. Rylands, G.A.B. da Fonseca. 2005. O destino das áreas de endemismo da Amazônia. Megadiversidade 1 (1): 124-131.
Fim do conteúdo da página