Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Fauna Brasileira > Lista de Espécies Ameaçadas > Aves - Diomedea exulans Linnaeus, 1758 - Albatroz-gigante
Início do conteúdo da página

Aves - Diomedea exulans Linnaeus, 1758 - Albatroz-gigante

Classificação Taxonômica
Grupo
Classe:
Ordem:
Família:
Espécie:
Nome Vulgar:
Aves
Aves
Procellariiformes
Diomedeidae
Diomedea exulans Linnaeus, 1758
Albatroz-gigante
Categoria de Ameaça
Categoria Validada:
Critério Validado:
Presença Lista Anterior:
CR
A4bcde
IN MMA 003/2003
Justificativa
Diomedea exulans ocorre nos mares do sul desde a Ilha Geórgia do Sul para o leste até as Ilhas Antípodas e para o norte até o litoral sul e sudeste do Brasil. A população brasileira é oriunda das ilhas Geórgia do Sul, onde o monitoramento populacional tem demonstrado declínio anual de 4,8% desde final da década de 90. O declínio populacional foi intensificado pelo aumento da frota de pesca com espinhel, uma vez que há grande índice de captura incidental dessa espécie por esse tipo de pesca. Nas colônias reprodutivas há perda de habitat devido ao aumento populacional de leões-marinhos. Há também predação de ninhos por ratos. Caso não sejam tomadas medidas efetivas de conservação, a tendência de declínio anual será mantida e causará declínio populacional superior a 80% em três gerações (passado e futuro). Assim sendo, D. exulans foi categorizada como Criticamente em Perigo (CR) A4bcde.
Especialistas
Caio Azevedo Marques, Guilherme Renzo Rocha Brito, Leandro Bugoni, Márcio Amorim Efe, Patrícia Pereira Serafini, Pedro Cerqueira Lima
Referências
1) ACAP (Agreement on the Conservation of Albatrosses and Petrels). 2009. Species assessment: Wandering Albatross Diomedea exulans. http://ww.acap.aq. Acesso em 15/8/2014.
2) BirdLife International. 2014. Species factsheet: Diomedea exulans. www.birdlife.org (Acesso em 28/7/2014).
3) Carboneras, C. 1992. Family Diomedeidae, p.198-215. In: del Hoyo, J.; Elliott, A. & Sargatal, J. Handbook of the birds of the world, Vol 1: Ostrich to Ducks. Lynx Edicions. 696p.
4) CBRO (Comitê Brasileiro de Registros Ornitológicos). 2014. Lista das aves do Brasil. 11ª Edição. www.cbro.org.br (Acesso em 2/1/2014).
5) Grantsau, R.K.H. 2010. Guia completo para a identificação das aves do Brasil. Parte I. Vento Verde. 624p.
6) Naka, L.N.; Rodrigues, M.; Roos, A.L. & Azevedo, M.A.G. 2002. Bird Conservation on Santa Catarina Island, Southern Brazil. Bird Conservation International, 12: 123-150.
7) Olmos, F. 2008. Diomedea exulans Linnaeus, 1758, p.391-393. In: Machado, A.B.M.; Drummond, G.M.; Paglia, A.P. (orgs.). Livro Vermelho da Fauna Ameaçada de Extinção no Brasil. Ministério do Meio Ambiente e Fundação Biodiversitas. v.2, 460p.
8) Olmos, F.; Bugoni, L. Neves, T. & Peppes, F. 2006. Caracterização das aves oceânicas que interagem com a pesca de espinhel no Brasil. In: Neves, T.; Bugoni, L.; Rossi, C.L.D.B. (org). Aves oceânicas e suas interações com a pesca na Região Sudeste-Sul do Brasil. Instituto Oceanográfico - USP. 104p.
Fim do conteúdo da página