Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Fauna Brasileira > Lista de Espécies Ameaçadas > Aves - Mergus octosetaceus Vieillot, 1817 - Pato-mergulhão
Início do conteúdo da página

Aves - Mergus octosetaceus Vieillot, 1817 - Pato-mergulhão

Classificação Taxonômica
Grupo
Classe:
Ordem:
Família:
Espécie:
Nome Vulgar:
Aves
Aves
Anseriformes
Anatidae
Mergus octosetaceus Vieillot, 1817
Pato-mergulhão
Categoria de Ameaça
Categoria Validada:
Critério Validado:
Presença Lista Anterior:
CR
C2a(i)
IN MMA 003/2003
Justificativa
Mergus octosetaceus ocorre no nordeste da Argentina e centro, sudeste e sul do Brasil. A população total brasileira é estimada em menos de 250 indivíduos maduros, sendo que em cada subpopulação não são conhecidos mais que 50 deles. Há declínio populacional continuado devido à perda e alteração de habitat, especialmente causadas pelo desmatamento, instalação de empreendimentos hidrelétricos, turismo desordenado e poluição das águas dos rios. Assim sendo, M. octosetaceus foi categorizada como Criticamente em Perigo (CR), pelo critério C2a(i).
Especialistas
Alessandro Pacheco Nunes, Alexander Charles Lees, Anamaria Achtschin Ferreira, Gustavo Bernardino Malacco, Iubatã Paula de Faria, Marcos Maldonado-Coelho, Miguel Ângelo Marini, Rochely Morandini, Rudi Ricardo Laps, Thiago Filadelfo Miranda, Túlio Dornas de Oliveira
Referências
1) Antas, P.T.Z.; Braz, V.; França, F.G.R.; Pereira, M.A. & Disconzi, G. 2009. Mergus octosetaceus na Chapada dos Veadeiros, GO. Dados biométricos, expansão de ocorrência local e radiotelemetria. In: XVII Congresso Brasileiro de Ornitologia. Resumos.
2) Barbosa, M.O. & Almeida, M.L. 2010. Novas observações e dados reprodutivos do pato-mergulhão Mergus octosetaceus na região do Jalapão, Tocantins, Brasil. Cotinga, 32: 40-45.
3) Barbosa, M.O., Pinheiro, R.T. & Carvalho, V. F. 2011. Descrição de ninhos do pato-mergulhão Mergus octosetaceus em cavidade arbórea na região do Jalapão, Tocantins, Brasil. Cotinga, 33: 71-75.
4) BirdLife International. 2012. Species factsheet: Mergus octosetaceus. www.birdlife.org (Acesso em 28/2/2013).
5) Braz, V.S. 2003. Representatividade das unidades de conservação do Cerrado na preservação da avifauna. Dissertação (Mestrado em Ecologia). Universidade de Brasília. 83p.
6) Braz, V.S. 2008. Ecologia e conservação das aves campestres do Bioma Cerrado. Tese (Doutorado em Ecologia). Universidade de Brasília. 187p.
7) Braz, V.S.; Abreu, T.L.S.; Lopes, L.E.; Leite, L.O.; França, F.G.R.; Vasconcelos, M.M. & Balbino, S.F. 2003. Brazilian Merganser Mergus octosetaceus discovered in Jalapão State Park, Tocantins, Brazil. Cotinga, 20: 68-71.
8) Carboneras, C. 1992. Family Anatidae, p.536-628. In: del Hoyo, J.; Elliott, A. & Sargatal, J. Handbook of the birds of the world, Vol 1: Ostrich to Ducks. Lynx Edicions. 696p.
9) De Paula, G.A.; Cerqueira, M.C., Jr & Ribon, R. 2008. Occurrence of the Brazilian Merganser (Mergus octosetaceus) in the Southern Border of the Espinhaço Range, Minas Gerais, Brazil. Waterbirds, 31(2): 289-293.
10) Grantsau, R.K.H. 2010. Guia completo para a identificação das aves do Brasil. Parte I. Vento Verde. 624p.
11) Hughes, B.; Dugger, B.; Cunha, H.J.; Lamas, I.; Goerck, J.; Lins, L.; Silveira, L.F.; Andrade, R.; Bruno, S.F.; Rigueira, S. & Barros, Y.M. 2006. Plano de Ação para a Conservação do Pato-mergulhão (Mergus octosetaceus). Ibama, 86p.
12) IECOS Brasil (Instituto Ecos do Cerrado). 2013. Status de conservação do pato-mergulhão (Mergus octosetaceus) no rio Novo - Jalapão - Tocantins. Relatório Técnico. IECOS Brasil. 13p.
13) IUCN (International Union for Conservation of Nature and Natural Resources). 2012. IUCN Red List of Threatened Species. Versão 2012.1. www.iucnredlist.org (Acesso em 22/2/2013).
14) Lamas, I. R. 2006. Census of Brazilian Merganser Mergus octosetaceus in the region of Serra da Canastra National Park, Brazil, with discussion of its threats and conservation. Bird Conservation International, 16: 145–154.
15) Rego, M.A.; Silveira, L.F.; Piacentini, V.Q.; Schunk, F.; Machado, E.; Pinheiro, R.T. & Reis, E. 2011. As aves da Estação Ecológica Serra Geral do Tocantins, Centro do Brasil. Biota Neotropica, 11(1): 283-298.
16) Silveira, L.F. 2008. Mergus octosetaceus Vieillot, 1817, p.420-422. In: Machado, A.B.M.; Drummond, G.M.; Paglia, A.P. (orgs.). Livro Vermelho da Fauna Ameaçada de Extinção no Brasil. Ministério do Meio Ambiente e Fundação Biodiversitas. v.2, 460p.
17) Silveira, L.F. 2009. Mergus octosetaceus Vieillot, 1817 Anseriformes, Anatidae, p.111. In: Bressan, P.M.; Kierulff, M.C.M. & Sugieda, A.M. (eds.). Fauna ameaçada de extinção no Estado de São Paulo: vertebrados. Fundação Parque Zoológico de São Paulo: Secretaria do Meio Ambiente. 648p.
18) Silveira, L.F. & Bartmann, W.D. 2001. Natural history and conservation of Brazilian Merganser Mergus octosetaceus at Serra da Canastra National Park, Minas Gerais, Brazil. Bird Conservation International, 11: 287-300.
19) Straube, F.C.; Urben-Filho, A. & Gatto, C. 2005. A avifauna do Parque Estadual do Cerrado (Jaguariaíva, Paraná) e a conservação do Cerrado em seu limite meridional de ocorrência. Atualidades Ornitológicas, 127: 29-50.
20) Terra Brasilis 2012. Boletim 12: Projeto Pato Aqui Pato Acolá. www.terrabrasilis.org.br (Acesso em: 16/01/2013).
21) Yamashita, C. & Valle, M.P. 1990. Ocorrência de duas aves raras no Brasil Central: Mergus octosetaceus e Tigrisoma fasciatum fasciatum. Ararajuba, 1: 107-109.
Fim do conteúdo da página