Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Fauna Brasileira > Lista de Espécies Ameaçadas > Aves - Sporophila hypoxantha Cabanis, 1851 - Caboclinho-de-barriga-vermelha
Início do conteúdo da página

Aves - Sporophila hypoxantha Cabanis, 1851 - Caboclinho-de-barriga-vermelha

Classificação Taxonômica
Grupo
Classe:
Ordem:
Família:
Espécie:
Nome Vulgar:
Aves
Aves
Passeriformes
Thraupidae
Sporophila hypoxantha Cabanis, 1851
Caboclinho-de-barriga-vermelha
Categoria de Ameaça
Categoria Validada:
Critério Validado:
Presença Lista Anterior:
VU
C1
Justificativa
Sporophila hypoxantha ocorre no leste da Bolívia, Paraguai, nordeste da Argentina, Uruguai e Brasil. Estima-se que, no Brasil, haja menos de 10.000 indivíduos maduros, sendo que há declínio populacional continuado de ao menos 10% em três gerações (cerca de 15 anos) devido à grande pressão de captura, especialmente nas áreas reprodutivas do Sul do Brasil. Dessa forma, S. hypoxantha foi avaliada como Vulnerável (VU) C1.
Especialistas
Ciro Ginez Albano, Fernando Costa Straube, Glayson Ariel Bencke, Luciano Moreira Lima, Luís Fábio Silveira, Márcio Amorim Efe, Rafael Alves dos Santos e Santos, Rafael Antunes Dias, Santos D’Angelo Neto, Vítor de Queiroz Piacentini
Referências
1) Bencke, G.A.; Mauricio, G.N.; Develey, P.F. & Goerck J.M. 2006. Áreas importantes para a Conservação das aves no Brasil: Parte I - Estados do Domínio da Mata Atlântica. SAVE Brasil. 494p.
2) BirdLife International. 2012. Species factsheet: Sporophila hypoxantha. www.birdlife.org (Acesso em 28/2/2013).
3) Corrêa, L.S.; Bazílio, S; Woldan, D. & Boesing, A.L. 2008. Avifauna da Floresta Nacional de Três Barras (Santa Catarina, Brasil). Atualidades ornitológicas, 143: 38-41.
4) Franz, I.; Repenning, M. & Fontana, C.S. 2013. Sporophila hypoxantha. In: ICMBio (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade). Plano de Ação Nacional para a Conservação dos Passeriformes dos Campos Sulinos. No prelo.
5) Grantsau, R.K.H. 2010. Guia completo para a identificação das aves do Brasil. Parte II. Vento Verde. 656p.
6) IUCN (International Union for Conservation of Nature and Natural Resources). 2012. IUCN Red List of Threatened Species. Versão 2012.1. www.iucnredlist.org (Acesso em 22/2/2013).
7) Machado, E. 2009. Sporophila hypoxantha Cabanis, 1851, Passeriformes, Emberizidae, p.259. In: Bressan, P.M.; Kierulff, M.C.M. & Sugieda, A.M. (eds.). Fauna ameaçada de extinção no Estado de São Paulo: vertebrados. Fundação Parque Zoológico de São Paulo: Secretaria do Meio Ambiente. 648p.
8) Machado, A.B.M.; Martins, C.S. & Drummond, G.M. 2005. Lista da fauna brasileira ameaçada de extinção: incluindo as espécies quase ameaçadas e deficientes em dados. Fundação Biodiversitas. 160p.
9) Marques, A.A.B.; Fontana, C.S.; Vélez, E.; Bencke, G.A.; Schneider, M. & Reis, R.E. 2002. Lista de Referência da Fauna Ameaçada de Extinção no Rio Grande do Sul. FZB/MCT–PUCRS/PANGEA. 52p.
10) Nunes, A.P. & Tomas, W.M. 2008. Aves migratórias e nômades ocorrentes no Pantanal. Embrapa Pantanal. 122p.
11) Rising, J.D. 2011. Family Emberizidae, p.428-683. In: del Hoyo, J.; Elliott, A. & Christie, D. Handbook of the birds of the world, Vol 16: Tanagers to New World Blackbirds. Lynx Edicions. 893p.
12) Somenzari, M.; Silveira, L.F.; Piacentini, V.Q.; Rego, M.A.; Schunck, F. & Cavarzere, V. 2011. Birds of an Amazonia-Cerrado ecotone in southern Pará, Brazil, and the efficiency of associating multiple methods in avifaunal inventories. Revista Brasileira de Ornitologia, 19(2): 260‑275.
13) Straube, F.C.; Urben-Filho, A. & Kajiwara, D. 2004. Aves, p.143-496. In: Mikich, S.B. & Bérnils, R.S. Livro Vermelho da Fauna Ameaçada no Estado do Paraná. Mater Natura - Instituto de Estudos Ambientais. 764p.
Fim do conteúdo da página