Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Fauna Brasileira > Lista de Espécies Ameaçadas > Aves - Tinamus tao Temminck, 1815 - Azulona
Início do conteúdo da página

Aves - Tinamus tao Temminck, 1815 - Azulona

Classificação Taxonômica
Grupo
Classe:
Ordem:
Família:
Espécie:
Nome Vulgar:
Aves
Aves
Tinamiformes
Tinamidae
Tinamus tao Temminck, 1815
Azulona
Categoria de Ameaça
Categoria Validada:
Critério Validado:
Presença Lista Anterior:
VU
A2cd+3cd
Justificativa
Tinamus tao é uma espécie sensível a distúrbios florestais, ocorrendo preferencialmente em florestas primárias. Parte de sua área de ocorrência é sobreposta às áreas de desmatamento mais intenso no bioma Amazônico. Além disso, a azulona continua sendo intensamente procurada para caça, o que acentua consideravelmente sua redução populacional. Esta espécie parece ser sensível à fragmentação florestal, menos frequente em locais impactados e possivelmente também sensível ao aumento de clareiras, aumento de florestas secundárias e efeito de borda. Além disso, é considerada uma espécie com tempo geracional longo (tempo de renovação de indivíduos reprodutores numa população), sendo que suas perdas populacionais no passado (baseadas em perda de habitat) podem ser consideradas maiores que 30% (em três gerações) e as projetadas para o futuro estão entre 29 a 36% (na janela temporal de três gerações: 20,4 anos). Por estas razões, a espécie foi categorizada como Vulnerável (VU) A2cd+3cd.
Especialistas
Alexander Charles Lees, Alexandre Luis Padovan Aleixo, Andrew Whittaker, Áureo Banho dos Santos, Carlos Martinez Ruiz, Christian Borges Andretti, Dalci Maurício Miranda de Oliveira, Edson Varga Lopes, Luciano Nicolas Naka, Luiz Augusto Macedo Mestre, Marcos Pérsio Dantas Santos, Mário Cohn-Haft, Sérgio Henrique Borges, Sidnei de Melo Dantas, Thiago Orsi Laranjeiras, Túlio Dornas de Oliveira
Referências
1) Aleixo, A. & Guilherme, E. 2010. Avifauna da Estação Ecológica do Rio Acre, estado do Acre, na fronteira Brasil/Peru: composição, distribuição ecológica e registros relevantes. Boletim do Museu Paraense Emílio Goeldi, Ciências Naturais 5(3): 279-309.
2) Bertelli, S.; Giannini, N.P. & Goloboff, P.A. 2002. A Phylogeny of the Tinamous (Aves: Palaeognathiformes) Based on Integumentary Characters. Systematics Biology, 51(6): 959–979)
BirdLife International. 2012. Species factsheet: Tinamus tao. http://www.birdlife.org (Acesso em 18/3/2012).
3) Brabourne, L. & Chubb, C. 1913. A Synopsis of the Genus Tinamus. Ann. and Mag. Nat. Hist., 8(12): 72.
4) Buzzetti, D. 2008. Avaliação Ecológica rápida para a elaboração do plano de manejo do Parque Nacional de Juruena MT - AM. Relatório final Avifauna. 66p. Disponível em:
5) Carriker, M.A. 1936. Studies in Neotropical Mallophaga, Part I: Lice of the Tinamous. Proceedings of the Academy of Natural Sciences of Philadelphia 88: 45-218.
CBRO (Comitê Brasileiro de Registros Ornitológicos). 2011. Listas das aves do Brasil. 10ª Edição. http://www.cbro.org.br (Acesso em: 2/5/2012).
6) Dantas, S.M.; Faccio, M.S. & Lima, M.F. 2011. Avifaunal inventory of the Floresta Nacional de Pau Rosa, Maués, state of Amazonas, Brazil. Ararajuba, 19: 154-166.
7) Davis T. 1986. Distribution and Natural History of Some Birds from the Departments of San Martin and Amazonas, Northern Peru. Condor, 88 (1): 50-56.
8) del Hoyo, J.; Elliott, A. & Sargatal, J. 1992. Handbook of the birds of the world, Vol 1: Ostrich to Ducks. Lynx Edicions. 696p.
9) França, D.P.F.; Lima, E. & Freitas, M.A. 2011. Listagem preliminar das aves de bordas de mata e áreas degradadas da Floresta Nacional do Jamari, Itapoã do Oeste, Rondônia, Brasil. Atualidades Ornitológicas, 164: 51-56.
10) Guimarães, L.R. 1948. Sôbre algumas espécies de Malófagos encontrados em Tinamus tao tao Temminck e Tinamus tao septentrionalis Brabourne e Chubb. Boletim do Museu Paraense Emilio Goeldi, 10: 161 173.
11) Henriques, L.M.P.; Wunderle, J.M., Jr & Willig, M.R. 2003. Birds of the Tapajós National Forest, Brazilian Amazon: a preliminary assessment. Ornitologia Neotropical, 14: 307–338.
12) InfoNatura. 2007. Animals and Ecosystems of Latin America. Version 5.0. NatureServe. http://www.natureserve.org/infonatura (Acesso em 24/03/2011).
13) Kirwan, G.M. 2010. Gray Tinamou (Tinamus tao), Neotropical Birds Online (T. S. Schulenberg, Editor). Cornell Lab of Ornithology; retrieved from Neotropical Birds Online: http://neotropical.birds.cornell.edu/portal/species/overview?p_p_spp=56756
14) Lees, A.C.; Davis, B.; Oliveira, A.V.G. & Peres, C.A. 2008. Avifauna of a structurally heterogenous forest landscape in the Serra dos Caiabis, Mato Grosso, Brazil: a preliminary assesment. Cotinga, 29: 147-157.
15) Magalhães J.C.R. 1994. Sobre alguns tinamídeos florestais brasileiros. Boletim do Centro de Estudos Ornitológicos, 10: 16-26.
16) Mestre, L.A.M; Thomll, G.; Cochranell, M.A.; & Barlow, J. 2010. The birds of Reserva Extrativista Chico Mendes, South Acre, Brazil. Boletim do Museu Paraense Emílio Goeldi, Ciências Naturais 5(3): 311-333.
17) Mestre, L.A.M.; Rechetelo, J.; Cochrane, M. & Barlow, J. 2011. Avifaunal inventory of a Southern Amazonian trasitional Forest sites: The São Luiz Farm, Mato Grosso, Brazil. Boletim do Museu Paraense Emilio Goeldi, 6(2): 147-161.
18) Novaes, F.C. 1957. Contribuição à Ornitologia do Noroeste do Acre. Bol. Mus. Paraense Emílio Goeldi 9: 1-30.
19) Novaes, F.C. 1980. Observações sobre a avifauna do Alto Curso do rio Paru de Leste, Est. do Pará. Bol. Mus. Paraense Emílio Goeldi, nova série, 100: 1-58.
20) Oren, D.C. & Parker, T.A.III. 1997. Avifauna of the Tapajós National Park and Vicinity, Amazonian Brazil. Ornithological Monographs, 48: 493-525.
21) Pacheco, J.F. & Olmos, F. 2005. Birds of a Latitudinal Transect in the Tapajós-Xingu Interfluvium, eastern Brazilian Amazônia. Ararajuba, 13(1): 29-46.
22) Pacheco, J.F.; Kirwan, G.M.; Aleixo, A.; Whitney, B.M.; Whittaker, A.; Minns, J.; Zimmer, K.J.; Fonseca, P.S.M.; Lima, M.F.C. & Oren, D.C. 2007. An avifaunal inventory of the CVRD Serra dos Carajás project, Pará, Brazil. Cotinga, 27(1): 15-30.
23) Peres C.A. 2001. Synergistic Effects of Subsistence Hunting and Habitat Fragmentation on Amazonian Forest Vertebrates. Conservation Biology, 15(6): 1490-1505.
24) Perry, A.; Kessler, M & Helme, N. 1997. Birds of the Central Río Tuichi Valley, with Emphasis on Dry Forest, Parque Nacional Madidi, Depto. La Paz, Bolivia. Ornithological Monographs, 48: 557-576.
25) Riker, C.B. & Chapman, F.M. 1891. A List of Birds Observed at Santarém, Brazil. The Auk, 8(2): 158-164.
26) Sick, H. 1997. Ornitologia brasileira. 3ª. Ed. Nova Fronteira. 912p.
27) Sigrist, T. 2006. Aves do Brasil: Uma visão artística. Avis Brasilis Editora. 672p.
28) Stotz, D.F.; Fitzpatrick, J.W; Parker III, T.A. & Moskovits, D.K. 1996. Neotropical Birds: Ecology and Conservation. The University of Chicago Press. 479p.
29) Stotz, D.F.; Lanyon, S.M.; Schulenberg, T.S.; Willard, D.E.; Peterson, A.T. & Fitzpatrick, J.W. 1997. An Avifaunal Survey of Two Tropical Forest Localities on the Middle Rio Jiparaná, Rondônia, Brazil. Ornithological Monographs, 48: 763-781.
30) Terborgh, J.; Robinson, S.K.; Parker, T.A. III; Munn, C.A. & Pierpont, N. 1990. Structure and Organization of an Amazonian Forest Bird Community. Ecological Monographs, 60(2): 213-238.
31) Valente, R.M. 2006. Padrões espaciais em comunidades de aves Amazônicas. Tese (Doutorado em Zoologia). Universidade Federal do Pará. 275p.
32) Valim, M.P. 2009. Type specimens of lice (Insecta: Phthiraptera) held in the Museu de Zoologia da Universidade de São Paulo, Brazil. Papéis Avulsos de Zoologia, 49(17): 197-219.
33) Zimmer, K.J.; Parker, T.A. III; Isler, M.L. & Isler, P.R. 1997. Survey of a Southern Amazonian Avifauna: The Alta Floresta Region, Mato Grosso, Brazil. Ornithological Monographs, 48: 887-918.
Fim do conteúdo da página