Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Fauna Brasileira > Lista de Espécies Ameaçadas > Invertebrados Aquáticos - Astropecten marginatus Gray, 1840 - Estrela-do-mar
Início do conteúdo da página

Invertebrados Aquáticos - Astropecten marginatus Gray, 1840 - Estrela-do-mar

Classificação Taxonômica
Grupo
Classe:
Ordem:
Família:
Espécie:
Nome Vulgar:
Invertebrados Aquáticos
Asteroidea
Paxillosida
Astropectinidae
Astropecten marginatus Gray, 1840
Estrela-do-mar
Categoria de Ameaça
Categoria Validada:
Critério Validado:
Presença Lista Anterior:
VU
A4bd
IN MMA 005/2004
Justificativa
Astropecten marginatus distribui-se em Porto Rico, Venezuela, e no Brasil até o Rio Grande do Sul. Ocorre entre seis e 130 m de profundidade. Essa espécie já foi referida para o litoral paulista como uma das mais frequentes e abundantes, mas devido à intensa pesca de arrasto de fundo na região, não tem sido mais encontrada. Considerando a distribuição no Brasil, suspeita-se que a espécie tenha sofrido redução de pelo menos 30%. Por estes motivos, a espécie é categorizada como Vulnerável (VU), segundo os critérios A4bd.
Especialistas
Antonia Cecília Zacagnini Amaral - Unicamp, Claudio Gonçalves Tiago - USP, Carlos Renato Rezende Ventura - UFRJ, Ana Claudia dos Santos Brasil - UFRJ, Gisele Yukimi Kawauchi - USP, Walter Ramos Pinto Cerqueira - UEFS, Michela Borges - Unicamp, Paulo Cesar Paiva - UFRJ, Tatiana Menchini Steiner - Unicamp, Luiz Fernando Netto - ICMBio, Harry Boos – CEPSUL/ICMBio.
Referências
ALITTO, R.A.S. ; BUENO, M.L. ; Di DOMENICO, M. ; BORGES, M. 2014 . Echinodermata da Baia do Araçá e seu entorno. In: II Workshop FAPESP-BIOTA Araçá, 2014, São Paulo. Caderno de Resumo. São Paulo: FAPESP, 2014. p. 39.
CLARK, A. M. & DOWNEY, M. E. 1992. Starfishes of the Atlantic. Chapman & Hall, London, 794 pp.
MAH, C.L. 2014. World Asteroidea database. Accessed at http://www.marinespecies.org/asteroidea on 2014-09-12.
NETTO, L. F. 2006. Echinodermata do Canal de São Sebastião, São Sebastião (SP). Tese de Mestrado – Instituto de Biociências da Universidade de São Paulo. Departamento de Zoologia. 143 p.
PELAES, M.A.L.2008. Composição, distribuição espacial e temporal das espécies de echinodermata na plataforma rasa do sul da Bahia num trecho entre Itacaré e Canavieiras. Dissertação de Mestrado. Programa de Pós-Graduação em Sistemas Aquáticos Tropicais. Universidade Estadual de Santa Cruz. 115p.
SAMPAIO, F. L. M. 2010. Distribuição espaço-temporal de mega equinodermos no platô do recife de corais de Coroa Vermelha, Bahia, Brasil. Dissertação de Mestrado apresentada a Universidade Estadual de Santa Cruz. Disponível em:
<http://www.uesc.br/cursos/pos_graduacao/mestrado/ppsat/dissertacoes/00fenix_sampaio.pdf>
SOTO, R. B. 1999. Nicho complementario en tres especies de Asteroideos del Género Astropecten. Universidad Nacional Experimental Francisco de Miranda, Centro de Investigaciones Marinas (CIMAR).
VENTURA, C. R. R. 2013. Astropecten. Chapter 10: 101-108. IN: Starfish: Biology and Ecology of the Asteroidea. John M. Lawrence (Ed.). The Johns Hopkins University Press. 288pp
VENTURA, C. R. R.; BARCELLOS, C. F. & SOUZA, I. V de. 2008. Astropecten marginatus Gray, 1840. In: Machado, A. B. M. Drummond, G. M., Paglia, A. P. (Eds) 2008. Livro vermelho da fauna brasileira ameaçada de extinção. 1.ed. - Brasília, DF: MMA; Belo Horizonte, MG : Fundação Biodiversitas. Invertebrados Aquáticos. p 177 – 178.
VENTURA, C. R. R.; GRILLO, M. C. G.; FERNANDES, F. C. 2001. Feeding niche breath and feeding niche overlap of paxillosid starfishes (Echinodermata: Asteroidea) from a midshelf upwelling region, Cabo Frio, Brazil. IN: Echinoderm, 2000, :227-233. Michael Barker (Ed.) Swets & Zeitlinger, Lesse.
Fim do conteúdo da página