Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Fauna Brasileira > Lista de Espécies Ameaçadas > Invertebrados Aquáticos - Euvola ziczac (Linnaeus, 1758) - Vieira
Início do conteúdo da página

Invertebrados Aquáticos - Euvola ziczac (Linnaeus, 1758) - Vieira

Classificação Taxonômica
Grupo
Classe:
Ordem:
Família:
Espécie:
Nome Vulgar:
Invertebrados Aquáticos
Bivalvia
Pectinoida
Pectinidae
Euvola ziczac (Linnaeus, 1758)
Vieira
Categoria de Ameaça
Categoria Validada:
Critério Validado:
Presença Lista Anterior:
EN
B2ab(ii,iii,iv)
Justificativa
Euvola ziczac tem sua distribuição conhecida do Amapá a Santa Catarina entre 15 e 75m de profundidade. No entanto a sua maior densidade ocorre na região sul e sudeste do Brasil (cerca de 80%). Euvola ziczac foi fortemente pescada no Brasil entre 1973 e 1980. A pesca industrial de arrasto direcionada à vieira Euvola ziczac no Brasil colapsou após 1980, quando foram desembarcadas 8.800t. Atualmente os desembarques não têm ultrapassado algumas centenas de quilos. Na década de 1970, E. ziczac concentrava-se num grande banco localizado entre o sul de São Paulo e o norte de Santa Catarina, entre 30 e 50m de profundidade. Tal padrão estava profundamente modificado na década de 1990 quando somente duas pequenas agregações muito pouco densas foram encontradas. Os efeitos cumulativos da redução da área de ocorrência e das densidades do recurso sugerem que a sua biomassa foi reduzida em 98%. O critério A não se aplica porque, o declínio de 98% ocorreu antes de 2000 (há mais de 10 anos). Considerando-se que a AOO atual é igual a 71km2, (menor que 500 km2 - B2) e considerando a população remanescente no Brasil fragmentada (não há registros de outros bancos na costa brasileira e a espécie apresenta auto-fecundação) e contínuo declínio em sua AOO (97% de redução), associado às flutuações nos dados de desembarque entre 2000 e 2010, Euvola ziczac foi categorizada como Em Perigo (EN) pelos critérios B2 ab (ii, iii, iv).
Especialistas
Aimê Rachel M. Magalhães – UFSC, Bruno B. Batista – UFC, Carlo Magenta Cunha – MZUSP, Carlos Alberto Borzone – UFPR, Cristiane Xerez Barroso – UFC, Cristina de Almeida Rocha-Barreira - UFC/Labomar, Eliane Pintor de Arruda – UFSCAR, Fabio Wiggers, Flávio Dias Passos – Unicamp, Helena Matthews Cascon – UFC, Inês Xavier Martins – UFERSA, Luiz Ricardo L. Simone – MZUSP, Paula Spotorno de Oliveira – FURG, Paulo Ricardo Pezzuto – UNIVALI, Ricardo Silva Absalão – UFRJ, Sônia Barbosa dos Santos – UERJ, Tatiana Silva Leite – UFRN.
Referências
Betancourt, R. J.; Pérez, J. E.; Velez, A.; Freites, L.; Segnini, M. I. 1995. Efectos de la consanguinidad en la vieira Euvola ziczac (L). Bol. Inst. Oceanogr. Venezuela, Univ. Oriente, 34(1,2): 69-75.
- Borzone, C.A., Pezzuto, P.R. & Y. A.G. Tavares, 2003. Características histológicas del ciclo reprodutivo de Euvola ziczac (Linnaeus) (Pectinidae: Bivalvia) del litoral sur-sudeste del Brasil. Revista Brasileira de Zoologia, 20 (4): 763-772.
- Pezzuto, P.R. 2001. Avaliação de estoque e dinâmica populacional da vieira Euvola ziczac (Linnaeus, 1758) (Bivalvia: Pectinidae) no Sul do Brasil. Tese de Doutorado. Universidade Federal do Paraná, 269 p.
- Pezzuto, P.R. & C.A.Borzone, 2001. Padronização das eficiências de captura de diferentes equipamentos utilizados na prospecção da vieira Euvola ziczac (Lennaeus, 1758) (Pelecypoda:Pectinidae) no sudeste-sul do Brasil. Rev. ATLANTICA 23: 41-60.
- Pezzuto, P. R.; Borzone, C. A. 2004. The collapse of the scallop Euvola ziczac (Linnaeus, 1758) (Bivalvia: Pectinidae) fishery in brazil: changes in distribution and relative abundance after 23 years of exploitation. Brazilian Journal of Oceanography, 52 (3/4): 225-236.
- Pezzuto P. R.; Borzone C. A. 1997. The scallop Pecten ziczac (Linnaeus, 1758) fishery in Brazil. J. Shellf. Res., v. 16, n. 2, p. 527-532.
- Quast, M.P. 2003. Moluscos bivalves (Arcoida e Ostreoida) da costa sudeste do Brasil. Campinas, Universidade Estadual de Campinas. Dissertação de Mestrado, 140p.
- Rios, E. C. 1994. Seashells of Brazil, Rio Grande: Editora da Fundação Universidade do Rio Grande, 492p.
- Rios, E. C. 2009. Compendium of Brazilian sea shells. Rio Grande, RS: Evangraf. 676 p.
- Viana, M. G.; Rocha-Barreira, C. A. 2005. A família Pectinidae (Mollusca, Bivalvia) no Norte e Nordeste do Brasil. Arquivos de Ciências do Mar, Fortaleza, v. 38, n. 1.
- Wanguemert M. G.; Pezzuto, P. R.; Borzone, C. A. 2000. Preliminary analysis of the genetic variability of two natural beds of the scallop Euvola ziczac (Linnaeus, 1758) in Brazil. Braz. Arch. Biol. Tech., v. 43, n. 2, p. 235-240.
Fim do conteúdo da página