Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Fauna Brasileira > Lista de Espécies Ameaçadas > Invertebrados Aquáticos - Aegla inermis Bond-Buckup & Buckup, 1994 - Egla
Início do conteúdo da página

Invertebrados Aquáticos - Aegla inermis Bond-Buckup & Buckup, 1994 - Egla

Classificação Taxonômica
Grupo
Classe:
Ordem:
Família:
Espécie:
Nome Vulgar:
Invertebrados Aquáticos
Malacostraca
Decapoda
Aeglidae
Aegla inermis Bond-Buckup & Buckup, 1994
Egla
Categoria de Ameaça
Categoria Validada:
Critério Validado:
Presença Lista Anterior:
EN
B1ab(iii)
Justificativa
O estado de conservação do caranguejo de rio Aegla inermis foi avaliado de acordo com os critérios da IUCN (2001). A categoria proposta para o táxon é “Em Perigo (EN)” segundo o critério B1ab(iii), ou seja, ameaçado, de acordo com informações sobre a distribuição geográfica, fragmentação e declínio. A sua ocorrência está restrita aos tributários das bacias do Rio Caí e dos Sinos, no Rio Grande do Sul, sendo esta última muito impactada, há várias décadas, pela utilização de agroquímicos nas plantações, indústrias de couro e dejetos urbanos. São conhecidas apenas cinco localidades com ocorrência da espécie. A extensão de ocorrência da espécie é estimada em cerca de 980km². A população mostra-se fragmentada e os exemplares ocorrem somente nas cabeceiras onde as águas ainda apresentam-se limpas e com corredeiras. Acompanha-se um constante declínio na qualidade do habitat combinada com uma distribuição restrita da espécie, o que pode ocasionar declínio populacional para a espécie.
Especialistas
Georgina Bond Buckup - UFRGS, Marcelo Antonio Amaro Pinheiro - UNESP, Harry Boos – CEPSUL/ICMBio, Célio Magalhães - INPA, Sergio Luiz de Siqueira Bueno - USP, Petrônio Alves Coelho - UFPE, Fernando Luis Mantelatto - USP, Carlos Tassito Corrêa Ivo - UFC, Evandro Severino Rodrigues – IP/SP, José Dias Neto - IBAMA, Lourdes M. A. Elmoor-Loureiro - UCB, Ludwig Buckup - UFRGS, Luis Felipe de Almeida Duarte - UNESP, Paula Beatriz Araujo - UFRGS, Rafael Sant'Anna - IBAMA, Sergio Schwarz da Rocha - UFRB, William Ricardo Amâncio Santana - USC, Sandro Santos - UFSM, Kelly Martinez Gomes - UFRGS, Alessandra A.P.Bueno - UFL, Fernando D'Incao - FURG, Carolina Sokolowicz - UFRGS, Janet W. Reid - Virginia Museum of Natural History, Emerson Contreira Mossolin - UFG, Neil Cumberlidge – Northern Michigan University, Lucas Simon Torati - EMBRAPA, Leonardo A. G. Pileggi - USP, Douglas F. Peiró - UNIARA, Ivana Miranda da Silva - Universität Regensburg, Mauricio Pereira Almerão - UFRGS, Deise Leda Garcia - UFRGS, Luiz Fernando Loureiro Fernandes - UFES.
Referências
Bond-Buckup, G. 2003. Família Aeglidae, p. 35-116. In: G.A.S. Melo (ed). Manual de Identificação dos Crustacea Decapoda de Água Doce do Brasil. São Paulo, Editora Loyola, 430p.
Bond-Buckup, G.; Buckup, L. & Araujo, P.B. 2003 .p.73-83. In: Marques, A.A.B.; Fontana, C.S.; Vélez, E.; Bencke, G.A.; Schneider, M. & dos Reis, R.E. (orgs.). Livro Vermelho da Fauna Ameaçada de Extinção no Rio Grande do Sul. Porto Alegre, EDIPUCRS. 632p
Bond-Buckup, G. & Buckup, L. 1994. A Família Aeglidae (Crustacea,Decapoda, Anomura). Arquivos de Zoologia do Museu de Zoologia da Universidade de São Paulo 32 (4): 159-346.
IUCN International Union for Conservation of Nature. 2001. IUCN Red List Categories and Criteria. Version 3.1. IUCN, Gland, Switzerland.
Pérez-Losada, M.; Bond-Buckup, G.; Jara, C.G. & Crandall, K.A. 2009. Conservation Assessment of Southern South American Freshwater Ecoregions on the Basis of the Distribution and Genetic Diversity of Crabs from the Genus Aegla. Conservation Biology 3 (23): 692-702.
Fim do conteúdo da página