Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Fauna Brasileira > Lista de Espécies Ameaçadas > Invertebrados Terrestres - Macrodontes dautzenbergianus Pilsbry, 1898
Início do conteúdo da página

Invertebrados Terrestres - Macrodontes dautzenbergianus Pilsbry, 1898

Classificação Taxonômica
Grupo
Classe:
Ordem:
Família:
Espécie:
Nome Vulgar:
Invertebrados Terrestres
Gastropoda
Pulmonata
Odontostomidae
Macrodontes dautzenbergianus Pilsbry, 1898
Categoria de Ameaça
Categoria Validada:
Critério Validado:
Presença Lista Anterior:
VU
B1ab(i,iv)
Justificativa
Macrodontes dautzenbergianus é endêmica do Brasil, sendo registrada para os estados de São Paulo (localidade-tipo Raíz da Serra) e Paraná (Antonina, Curitiba e Bituruna). Os registros são baseados em material de museu, e as últimas coletas foram realizadas em 1948. Esforços de coleta recentes falharam em registrar a espécie e nem mesmo conchas foram encontradas. O processo de urbanização e remoção da vegetação nativa restringiu a distribuição de M. dautzenbergianus, que não foi mais registrada desde o início desse processo. A Extensão de Ocorrência foi calculada em cerca de 15.000 km², e considerando a conversão direta do ambiente natural de floresta em áreas antropizadas, a população atualmente encontra-se severamente fragmentada e há o declínio continuado da extensão de ocorrência, qualidade do habitat e número de subpopulações. Portanto, M. dautzenbergianus foi categorizada como Vulnerável – VU pelos critérios B1ab(i,iv).
Especialistas
Eduardo Colley – MZUSP, Igor Christo Myahira - UERJ e UNIRIO, Ingrid Heydrich - FZB/RS, Isabela Cristina Brito Gonçalves – UERJ, Lenita Tallarico – UNICAMP, Luiz Eduardo Macedo Lacerda – UERJ, Maria Júlia Martins Silva – UnB, Meire Silva Pena - PUC/MG, Monica Ammon Fernandez – FIOCRUZ, Norma Campos Salgado - MN/UFRJ, Silvana Carvalho Thiengo - Fiocruz/RJ, Sonia Barbosa dos Santos – UERJ, Suzete Rodrigues Gomes – MZUSP.
Referências
Colley, E. 2013. Taxonomia, Ecologia e Biogeografia dos Gastrópodes Terrestres dos Planaltos do Estado do Paraná. Tese de Doutorado, Universidade Federal do Paraná. 150p.
Salgado, N.C.; Coelho, A.S.C. 2003. Moluscos terrestres do Brasil (Gastrópodes operculados ou não, exclusive Veronicellidae, Milacidae e Limacide). Revista de Biologia Tropical. 51(3): 149-189.
Simone, L.R.L. 2006. Land and freshwater Molluscs of Brazil. EGB, Fapesp. São Paulo, 390p.
Fim do conteúdo da página