Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Fauna Brasileira > Lista de Espécies Ameaçadas > Invertebrados Terrestres - Fimoscolex sporadochaetus Michaelsen, 1918 - Minhoca-branca
Início do conteúdo da página

Invertebrados Terrestres - Fimoscolex sporadochaetus Michaelsen, 1918 - Minhoca-branca

Classificação Taxonômica
Grupo
Classe:
Ordem:
Família:
Espécie:
Nome Vulgar:
Invertebrados Terrestres
Oligochaeta
Haplotaxida
Glossoscolecidae
Fimoscolex sporadochaetus Michaelsen, 1918
Minhoca-branca
Categoria de Ameaça
Categoria Validada:
Critério Validado:
Presença Lista Anterior:
EN
B1ab(i,iii)
IN MMA 003/2003
Justificativa
Fimoscolex sporadochaetus foi por muito tempo conhecida somente do exemplar tipo. Buscada por G. Righi em duas ocasiões, em 1967 e 1968, sem sucesso, na periferia de Belo Horizonte, foi redescoberta por ele em 1969, e encontrada novamente em 2006. Apresenta extensão de ocorrência (EOO) conhecida de aproximadamente 2,21 mil km2 (calculada por mínimo polígono convexo – MPC). Sua área de ocupação (AOO) não pode ser calculada, uma vez que se desconhecem as associações ecológicas de hábitats da espécie. Até o momento, a espécie foi encontrada em floresta secundária e floresta bem preservada, o que indica que ela provavelmente esteja associada a fragmentos de Mata Atlântica com Floresta Estacional Semidecidual, e que o desmatamento pode ser prejudicial às suas populações. Ocorre em áreas sujeitas a ameaças como ocupação urbana, mineração, desmatamento e redução de habitat. Não há dados populacionais suficientes para avaliar se a espécie está em declínio contínuo, porém considerando que seu habitat de ocorrência (e preferência), a Floresta Estacional Semidecidual, está altamente fragmentado dentro da EOO e a Mata Atlântica em Minas Gerais sofre um desmatamento contínuo, um declínio pode ser inferido pela perda de seu provável hábitat na EOO. Portanto, considerando que a espécie é conhecida de apenas três localizações, foi categorizada como Em Perigo (EN) B1ab(i,iii). São necessários estudos de sua biologia e ecologia de forma a avaliar seus parâmetros populacionais e verificar se a espécie necessita de floresta para permanência ou se é tolerante ao desmatamento (BROWN, G. G.; JAMES, S. W.; MARINI-FILHO, O. J., 2012). Para maiores informações sobre a avaliação da espécie acesse aqui http://www.icmbio.gov.br/revistaeletronica/index.php/BioBR/article/view/284/206
Especialistas
Artur Queiroz Guimarães - Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Dúlio G. Sepúlveda - Instituto Interdisciplinar de Estudos e Pesquisas em Sustentabilidade, George Gardner Brown - Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA) Florestas, Junio Augusto S. Silva - Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA), Lívia Castro Giovanetti - Instituto Interdisciplinar de Estudos e Pesquisas em Sustentabilidade, Maria Auxiliadora Drumond - Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)
Maria Raquel Santos Carvalho - Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)
Referências
Brown, G. G.; James, S. W.; Marini-Filho, O. J. Avaliação do risco de extinção da minhoca Fimoscolex sporadochaetus Michaelsen, 1918. Revista Científica Biodiversidade Brasileira, ano 2, n. 2, p. 145 - 149, 2012.

IUCN (International Union for Conservation of Nature). 2001. IUCN Red List categories and criteria: version 3.1. IUCN Species Survival Commission. IUCN, Gland, Switzerland and Cambridge,UK. 30p.

James, S.W. & Brown, G.G. 2010. Rediscovery of Fimoscolex sporadochaetus Michaelsen 1918 (Clitellata: Glossoscolecidae), and considerations on the endemism and diversity of Brazilian earthworms. Acta Zoológica
Mexicana (nueva serie), Número especial 2, v. 26, p. 47-58.

Machado, A.B.M.; Fonseca, G.A.B. da; Machado,R.B.; Aguiar, L.M. de S. & Lins, L.V. (eds.). 1998. Livro vermelho das espécies ameaçadas de extinção da fauna de Minas Gerais. Fundação Biodiversistas, Belo Horizonte. 608p.

Machado, A.B.M.; Drummond, G.M. & Paglia, A.P. (orgs.). 2008. Livro Vermelho da fauna brasileira ameaçada de extinção. 1 ed. MMA & Fundação Biodiversitas. 1420p.

Michaelsen, W. 1918. Die Lumbriciden. Zoologische Jahrbücher, Abteilung für Systematik, 41:1-398.

Minas Gerais. 1995. Aprova a Lista de Espécies Ameaçadas de Extinção da Fauna do Estado de Minas Gerais. Deliberação Normativa COPAM n.º 041/95. Diário do Executivo Minas Gerais, 20/01/1996. Minas Gerais. 2010. Aprova a Lista de Espécies Ameaçadas de Extinção da Fauna do Estado de Minas Gerais. Deliberação Normativa COPAM n.º 147 de 30 de abril de 2010. Diário do Executivo Minas Gerais, 04/05/2010.

MMA (Ministério do Meio Ambiente), 2003. Instrução Normativa Nº 003, de 26 de maio de 2003. Diário Oficial da União. Nº 101, 28/05/03:88-97.

Righi, G. 1971. Sôbre alguns Oligochaeta brasileiros. Papéis Avulsos de Zoologia, 25:1-13.
Fim do conteúdo da página