Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Fauna Brasileira > Fauna Brasileira > Espécies Ameaçadas - Lista 2014 > Peixes - Brycon orbignyanus (Valenciennes, 1850) - Piracanjuba
Início do conteúdo da página

Peixes - Brycon orbignyanus (Valenciennes, 1850) - Piracanjuba

Classificação Taxonômica
Grupo
Classe:
Ordem:
Família:
Espécie:
Nome Vulgar:
Peixes
Actinopterygii
Characiformes
Characidae
Brycon orbignyanus (Valenciennes, 1850)
Piracanjuba
Categoria de Ameaça
Categoria Validada:
Critério Validado:
Presença Lista Anterior:
EN
A2c
IN MMA 005/2004
Justificativa
Brycon orbignyanus tinha sua distribuição original nas Bacias dos rios Paraná e Uruguai, nos países Brasil, Argentina, Uruguai e Paraguai. No Brasil, a extensão de ocorrência original foi calculada aproximadamente em 1 milhão de km2. Atualmente, devido à sucessiva fragmentação da bacia pelos barramentos, a espécie está extinta na maior parte de sua área de ocorrência pretérita, estando restrita a apenas ao último trecho de rio livre do alto rio Paraná (cerca de 25 mil km2), que representa um declínio de aproximadamente 97% da extensão de ocorrência original. A principal ameaça inclui as barragens de usinas hidrelétricas, sendo também afetada pela poluição e pelo desmatamento. A jusante da barragem de Porto Primavera, o hábitat dessa espécie está sendo bastante deteriorado, em função da redução da sedimentação que afeta os processos geomorfológicos do rio (alteração do padrão de deposição de sedimentos e redução de nutrientes) e pulso de inundação. A população da Bacia do rio Uruguai é julgada como sendo não mais viável devido aos impactos cumulativos ocorridos nas últimas décadas, principalmente a instalação de usinas hidrelétricas. O declínio da população foi suspeitado em mais de 50%   (calculado no decorrer de três gerações de 10 anos ) com base no declínio estimado da extensão de ocorrência de aproximadamente 97%. A espécie foi categorizada como EN - A2c. Monitoramentos constantes devem ser mantidos nas localidades onde ainda é registrado e a revisão de planos de construção de hidrelétricas na área atual de ocorrência da espécie, incluindo, em especial o rio Piquiri, onde estão previstos outros 17 empreendimentos hidrelétricos.
Especialistas
Agostinho Carlos Catella – EMBRAPA Pantanal, Akemi Shibuya - INPA, Alberto Akama – MPEG, Aléssio Datovo da Silva – MZUSP, Alexandre Clistenes de Alcântara Santos – UEFS, Alice Hirschmann – UFRGS, André Luiz Colares Canto – UFOPA, André Luiz Netto Ferreira – MZUSP, André Teixeira da Silva – UNESP, Andrea de Carvalho Paixão – IEPAGRO, Ângela Maria Zanata – UFBA, Aurycéia Guimarães da Costa - UFPA, Bárbara Borges Calegari – PUCRS, Bruce Collette – National Museum of Natural History, EUA, Bruno Francelino de Melo – UNESP, Carine Cavalcante Chamon – UnB, Carla Natacha Marcolino Polaz – CEPTA/ICMBio, Carla Simone Pavanelli – UEM, Carlos Alexandre Miranda Oliveira – UEM, Carlos Augusto Assumpção de Figueiredo – UNIRIO, Carlos Bernardo Mascarenhas Alves – Bio-Ambiental Consultoria Ltda., Carlos David Canabarro Machado de Santana – Smithsonian Institution e National Museum of Natural History, EUA, Christian Andreas Cramer – UNIR, Claudio de Oliveira – UNESP, Cláudio Henrique Zawadzki – UEM, Claudio Luiz Bock – CEPTA/ICMBio, Cristhiana Paula Ropke – INPA, Cristiano de Campos Nogueira – MZUSP, Cristiano Luis Rangel Moreira – UNIFESP, Cristina Cox Fernandes – INPA, Dalton Tavares Bressane Nielsen – Unitau, Douglas Aviz Bastos – INPA, Éder André Gubiani – UNIOESTE, Eduardo Mendes Gomes – Escola Estadual de São Paulo, Eleonora Trajano – USP, Érica Maria Pellegrini Caramaschi – UFRJ, Everton Rodolfo Behr – UFSM, Fábio Di Dario – UFRJ, Fábio Silveira Vilella – Simbiota Consultoria Ambiental Ltda, Fábio Vieira – Acqua Consultoria e Recuperação de Ambientes Aquáticos Ltda., Fabíola Gomes Vieira – UNIR, Fernanda de Oliveira Martins – UNESP, Fernando Cesar Paiva Dagosta – MZUSP, Fernando Gertum Becker – UFRGS, Fernando Rogério de Carvalho – UNESP, Filipe Augusto Gonçalves de Melo – UESPI, Flávio César Thadeo de Lima – UNICAMP, Francisco de Arruda Machado – UFMT, Francisco de Assis Néo – CEPTA/ICMBio, Francisco Langeani Neto – UNESP, Geraldo Mendes dos Santos – INPA, George Mendes Taliaferro Mattox – UFSCAR, Gislene Torrente-Vilara - UNIFESP, Henrique Lazzarotto de Almeida – UFRJ, Henrique Rosa Varella – MZUSP, Ilana Fichberg – MZUSP, Isabel Matos Soares, Izaias Médice Fernandes - UFMT, Janice Muriel Fernandes Lima da Cunha – INPA, Jansen Alfredo Sampaio Zuanon – INPA, Jonas Eduardo Gallão – UFSCAR, José Antônio Alves Gomes – INPA, José Luís Olivan Birindelli – UEL, Juliana Mariani Wingert – UFRGS, Juliano Ferrer dos Santos – UFRGS, Leandro Melo de Sousa – UFPA, Leandro Villa Verde da Silva – MN/UFRJ, Leonardo Ferreira da Silva Ingenito – UFES, Lucélia Nobre Carvalho - UFMT, Lúcia Helena Rapp Py-Daniel – INPA, Luciano Fogaça de Assis Montag – UFPA, Luisa Maria Soares Porto – MBML, Luiz Fernando Caserta Tencatt – UEM, Luiz Fernando Duboc da Silva – UFES, Luiz Roberto Malabarba - UFRGS, Mahmoud Nagib Mehanna – UNESP, Manoela Maria Ferreira Marinho - MZUSP,Marcelo Costa Andrade – UFPA, Marcelo Fulgêncio Guedes Brito – UFSE, Marcelo Salles Rocha – UEM/NUPELIA, Marcelo Ribeiro de Britto – MN/UFRJ, Marco Aurélio Azevedo – FZB/RS, Maria Anaís Barbosa Segadas Vianna - UFRJ, Maria Elina Bichuette – UFSCAR, Mário Cesar Cardoso de Pinna – MZUSP, Marina Vianna Loeb – MZUSP, Matheus Vieira Volcan – Instituto Pró-Pampa, Michel Jégu – Institut de Recherche pour le Développement, França, Monica de Toledo Piza Ragazzo – USP, Mônica Bucciarelli Rodriguez – UFMG, Nadayca Thayane Bonani Mateussi - UEM, Osvaldo Takeshi Oyakawa – MZUSP, Otávio Froehlich - UFMS, Pablo Cesar Lehmann Albornoz – UNISINOS, Paula Araújo Catelani – UFRJ, Paulo Andreas Buckup – UFRJ, Pedro Fasura de Amorim - UFRJ, Pedro Henrique Negreiros Bragança - UFRJ , Pedro Hollanda Carvalho – UFRJ, Priscila Camelier de Assis Cardoso – USP, Priscila Madoka Miyake Ito – INPA, Rafael Pereira Leitão – INPA, Rafaela Priscila Ota – INPA, Renata Rúbia Ota – UEM, Renildo Ribeiro de Oliveira – INPA, Ricardo Britzke – UNESP, Ricardo Cardoso Benine - UNESP, Ricardo de Souza Rosa – UFPB, Roberto Esser dos Reis – PUCRS, Ronaldo Fernando Martins Pinheiro – MBML, Rosana Souza Lima – UERJ, Sérgio Maia Queiroz Lima – UFRN, Sven Oscar Kullander – Swedish Museum of Natural History, Suécia, Sylvio Romério Briglia Ferreira – ICMBIO, Telton Pedro Anselmo Ramos – UFRN, Thiago da Motta e Albuquerque de Carvalho – UFMG, Tiago Casarim Pessali – Pisces Consultoria, Ambiental Ltda, Tiago Debona – INEO, Tiago Pinto Carvalho – University of Louisiana at Lafayette, EUA, Uwe Horst Schulz – UNISINOS, Tomas Hrbek - UFAM, Vagner Leonardo Macedo dos Santos – UFRJ, Verônica de Barros Slobodian Motta – USP, Vinícius Abilhoa – MHNCI, Vinícius de Araújo Bertaco – FZB/RS, Vitor André Frana – INEO, Vivian Nunes Gomes – UEM, Weferson Júnio da Graça – UEM, Willian Massaharu Ohara – MZUSP, Wilson José Eduardo Moreira da Costa - UFRJ, Wolmar Benjamin Wosiacki – MPEG, Yzel Rondon Súarez – UEMS.
Referências
Agostinho, A.A.; Júlio Jr., H.F.; Gomes, L.C.; Bini, M. & Agostinho, C.S. 1997. Composição, abundância e distribuição espaço-temporal da ictiofauna, p. 179-208. In: Vazzoler, A.E.A. de M.; Agostinho, A.A. & Hahn, N.S. (Eds). A planície de inundação do alto rio Paraná. Aspectos físicos, biológicos e socioeconômicos. Maringá, Eduem, 460p.
Agostinho, A.A.; Gomes, L.C.; Suzuki, H.I. & Júlio Jr., H.F. 2003. Migratory fish from the upper Paraná river basin, Brazil, p.19-99. In: Carolsfeld, J.; Harvey, B.; Ross, C. & Baer, A. (ed.). Migratory Fishes of South America: Biology, social Importance and Conservation Status. World Fisheries Trust, The World Bank and the International Development Research Centre, Victoria, Canadá. Disponível em : http://web.idrc.ca/openebooks/114-0/#page_19 (Acesso em janeiro de 2013).
Agostinho, A.A., Zaniboni Filho, E. &Lima, F. C. T. 2008. Brycon orbignianus. IN: Machado, A. B. M; Drummond, G. M. & Paglia, A. P. (eds) Livro Vermelho da Fauna Brasileira Ameaçada de Extinção. 2008, p. 54-56, 1.ed. Brasília, DF: Ministério do Meio Ambiente; Belo Horizonte, MG: Fundação Biodiversitas.
Duke Energy International Geração Paranapanema. 2008. Peixes do rio Paranapanema. Copyright© das ilustrações: Editora Horizonte, São Paulo, SP, Brasil. 63 p.
Dumont-Neto, R.; Pelli, A. & Freitas, J.L. et al. 1997. Reprodução induzida da piracanjuba (Brycon orbignyanus, Valenciennes, 1903), durante a primeira maturação sexual, cultivada em cativeiro, na estação de pesquisa e desenvolvimento ambiental de Volta Grande - CEMIG. Boletim do Instituto de Pesca 24 (nº.especial): 105-107.
Eschmeyer, W. N. & Fricke, R. (eds.) Catalog of Fishes electronic version. http://research.calacademy.org/redirect?url=http://researcharchive.calacademy.org/research/ichthyology/catalog/fishcatget.asp&genid=304 Acesso em julho de 2012.
Godoy, MP. Peixes do Brasil: subordem Characoidei. São Paulo: Franciscana, 1975. 846p.
ICMBio (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade). 2012. Sumário Executivo do Plano de Ação Nacional para a Conservação das Espécies Ameaçadas da Fauna Aquática do Ecossistema Mogi Pardo e Grande. 8p.
Langeani, F.; Corrêa e Castro, R.M.; Oyakawa, O.T.; Shibatta, O.A.; Pavanelli, C.S; & Casatti, L. 2007. Diversidade da ictiofauna do Alto Rio Paraná: composição atual e perspectivas futuras. Biota Neotropica, 7(3):181-197.
Lima, F.C.T.; Malabarba, L.R.; Buckup, P.A.; Pezzi da Silva, J.F.; Vari R.P.; Harold, A.; Benine, R.; Oyakawa, O.T.; Pavanelli, C.S.; Menezes, N.A.; Lucena, C.A.S.; Malabarba, M.C.S.L.; Lucena, Z.M.S.; Reis, R.E.; Langeani, F.; Cassati, L.; Bertaco, V.A.; Moreira, C. & Lucinda, P.H.F. 2003. Family Characidae - Genera Incertae Sedis. Pp. 106-169 In: R.E. Reis, S.O. Kullander & C.J. Ferraris, Jr. (eds). Check List of the Freshwater Fishes of South and Central America. Porto Alegre, Edipucrs, 729p.
Lopera-Barrero, N.M.; Ribeiro, R.P.; Sirol, R.N.; Povh, J.A.; Gomes, P.C.; Vargas, L. & Mangolin, C.A. 2008. Variabilidad genética de lotes de Brycon orbignyanus utilizados en programas de repoblamiento: manejo y conservación. Acta Biológica Colombiana 13: 107-118.
Marques, A. A. B. de, F.; Vélez, C. S.; Bencke, E.; Schneider,G. A. M.; Reis, R. E. 2002. Lista das espécies da fauna ameçadas de extinção no Rio Grande do Sul. Decreto nº 41.672, de 11 de junho de 2002. - Porto Alegre: FZB/MCT- PUCRS/PANGEA, 52p. (Publicações Avulsas FZB, nº11)
Meschiatti, A.J. & Arcifa, M.S. 2009. Uma revisão da ictiofauna da bacia do Rio Mogi-Guaçu em um século de estudos. Acta Limnol. Bras., 21(1), p. 135-159.
Mikich, S.B. & R.S. Bérnils. 2004. Livro Vermelho da Fauna Ameaçada no Estado do Paraná.Disponível em: > http://www.pr.gov.br/iap Acessado em: 10 jul 2012
Machado, C.E.M.; Miguel, J.; de Abreu, L.C. e Martins, M.A.B. 1968. A pesca no rio Tietê. Publicação n°. 8, Secretaria da Agricultura, Departamento da Produção Animal, São Paulo. 29p.
Monteiro, F.P. 1953. Contribuição ao estudo da pesca no rio Piracicaba. Tese de Doutorado. Universidade de São Paulo – Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz”. 76p.
Oyakawa, T.O.; Menezes, N.A.; Shibatta, O.A.; Lima, F.C.T.; Langeani, F.; Pavanelli, C.S.; Nielsen, D.T.B. & Hilsdorf, A.W.S. 2009. Peixes de água doce. Pp. 350-424. In: Bressan, P. M., M. C. M. Kierulff & A.M. Sugieda (Eds.). Fauna ameaçada de extinção no Estado de São Paulo: Vertebrados. Fundação Parque Zoológico de São Paulo, Secretaria do Meio Ambiente, São Paulo, 645p.
Oyakawa, O.T. & Menezes, N.A. 2011. Checklist dos peixes de água doce do Estado de São Paulo, Brasil. Biota Neotrop., 11(1ª): 1-14.
Plano de Ação Nacional para a Conservação das Espécies da Fauna Aquática
Ameaçadas de Extinção do Ecossistema Mogi-Pardo-Grande - PAN Mogi-Pardo
- Grande. Portaria Nº 23, de 17 de fevereiro de 2012.
Quiros, R. 1990. The Parana River Basin development and the changes in the lower basin fisheries.
Interciencia, 15: 442-451.
Ringuelet, R.A.; Aramburu, R.H. & Aramburu, A.A. 1967. Los peces argentinos de água dulce. La Plata: Comision de Investigacion Cientifica. 602p.
Schubart, O. 1943. A pesca na Cachoeira de Emas do Rio Mogi-Guaçú durante a piracema de 1942-1943. Revta. de Indústria Animal, 6:93-116.
Schubart, O. 1949. A pesca no Mogi-Guaçú. Revta. do Arquivo Municipal, 72:121-166.
Senhorini, J.A.; Gaspar, L.A. & Fransozo, 2002. A. Crescimento, sobrevivência e preferência alimentar de larvas de matrinxã (Brycon cephalus) e de piracanjuba (Brycon orbignyanus) em viveiros. Boletim Técnico do Cepta, 15(n. único): 9-21.

Fim do conteúdo da página