Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Geral > Operação de fiscalização coíbe caça no interior do Parque Nacional da Serra da Bocaina
Início do conteúdo da página

Operação de fiscalização coíbe caça no interior do Parque Nacional da Serra da Bocaina

Publicado: Quinta, 08 de Setembro de 2011, 09h04
Um dos biomas ameaçados pelos infratores na região é a Mata Atlântica

Brasília (08/09/2011) - A equipe de fiscais do Parque Nacional da Serra da Bocaina, Unidade de Conservação gerida pelo Instituto Chico Mendes em São Paulo, realizou sua décima operação de fiscalização de rotina do ano, no período de 22 a 25 de agosto.

O objetivo foi coibir a prática de crimes ambientais no interior do parque, principalmente a caça de animais silvestres, desmatamento, uso de fogo, construções irregulares e verificar o cumprimento de embargos realizados anteriormente.

Para o coordenador de proteção do Parque, José Hélio Marcelo, os resultados são avaliados como satisfatórios, já que as operações vem coibindo crimes ambientais ainda no início. É o caso, por exemplo, dos desmatamentos, que vem sendo descobertos ainda com áreas inferiores a um hectare. “O que é muito importante se tratando da Mata Atlântica, o bioma mais ameaçado do país, com menos de 7% de sua cobertura original”, frisa o coordenador.

Os agentes destruíram um rancho de apoio a caçadores e apreenderam duas espingardas, dois trabucos, cartuchos, pólvora, chumbo e espoletas. Foi encontrado um pássaro da fauna silvestre que tinha acabado de ser capturado, o sanhaço do encontro amarelo (Thraupis ornata), que foi solto pelos ficais, recuperando sua liberdade.

A operação teve como resultado 10 autos de infração por crimes ambientais, tais como: caçar espécimes da fauna silvestre brasileira, fazer construções irregulares, desmatamentos, uso de fogo e descumprimento de termos de embargo. Participaram da operação quatro fiscais e um analista ambiental.

Ascom/ICMBio
(61) 3341-9280
Fim do conteúdo da página