Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Geral > Pan Paraíba do Sul é contemplado com recursos do CEIVAP
Início do conteúdo da página

Pan Paraíba do Sul é contemplado com recursos do CEIVAP

Publicado: Quarta, 14 de Setembro de 2011, 12h12
O projeto coordenado pelo CEPTA e RAN conta com diversos colaboradores

Brasília (14/09/2011) - O projeto “Monitoramento biológico de espécies aquáticas ameaçadas de extinção na bacia do rio Paraíba do Sul: desenvolvimento de sistema piloto e implementação de plano de ação”, estruturado a partir de um conjunto de ações previstas no Plano de Ação Nacional (PAN) Paraíba do Sul, coordenado pelo Centro de Pesquisa e Gestão de Recursos Pesqueiros Continentais (CEPTA) e Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Répteis e Anfíbios (RAN), foi contemplado com recursos do Comitê de Integração da Bacia Hidrográfica do Rio Paraíba do Sul (CEIVAP).

Trata-se de um projeto em co-execução com o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e a Associação de Pescadores e Amigos do Rio Paraíba do Sul – Projeto Piabanha. O objetivo geral do projeto é estruturar um sistema piloto de monitoramento biológico da fauna aquática ameaçada de extinção em trechos do médio e baixo Rio Paraíba do Sul.

Dentre as atividades programadas no projeto estão: mapeamento e monitoramento de populações remanescentes das espécies aquáticas ameaçadas de extinção; consolidar uma rede de parceiros para o desenvolvimento de atividades de conservação dos recursos hídricos do rio Paraíba do Sul; o desenvolvimento de um banco de dados georreferenciado com informações, imagens e mapas para subsidiar demais atividades e uma série de outras ações.

Os recursos, advindos da cobrança pelo uso da água na bacia do Rio Paraíba do Sul, somam pouco mais de 1 milhão de reais para os três anos de desenvolvimento do projeto, que se iniciará tão logo o contrato com o CEIVAP seja assinado. Além dos executores, serão colaboradores desse projeto a Companhia Energética de São Paulo (CESP), o Museu de Zoologia da Universidade de São Paulo (MZUSP), a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), o Museu Nacional, a Fundação Biodiversitas, o Instituto Estadual do Ambiente (Inea-RJ), a Universidade Mogi das Cruzes (UMC), a Empresa de  Pesquisa Agropecuária do Estado do Rio de Janeiro (PESAGRO) e a Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (UENF).


Ascom ICMBio
(61) 3341-9280
Fim do conteúdo da página