Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Geral > RESEX do Médio Juruá participa de encontro sobre Plano de Gestão Territorial da Terra Indígena Deni
Início do conteúdo da página

RESEX do Médio Juruá participa de encontro sobre Plano de Gestão Territorial da Terra Indígena Deni

Publicado: Quinta, 15 de Setembro de 2011, 08h38
O objetivo foi estreitar as relações entre as organizações que atuam nas áreas protegidas da região

Brasília (14/9/2011) - No dias 8 e 9 de setembro, técnicos da Reserva Extrativista do Médio Juruá, Unidade de Conservação (UC) gerida pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), particparam do Encontro Regional de Apresentação do Plano de Gestão Territorial da Terra Indígena Deni.

Realizado pela Operação Amazônia Nativa (OPAN), o encontro foi uma oportunidade para estreitar as relações entre as organizações que atuam nas áreas protegidas da região como Reserva Extrativista do Médio Juruá, Reserva de Desenvolvimento Sustentável do Uacari e Terra Indígena Deni.

Como resultados imediatos do evento, os Deni do Rio Xeruã acompanharão a despesca do pirarucu na comunidade São Raimundo, uma vez que pretendem realizar a mesma atividade na Terra Indígena no próximo ano. Já mulheres Deni demonstraram interesse em participar do I Encontro das Mulheres da RESEX do Médio Juruá a ser realizado em fevereiro de 2012.

Além do ICMBIO, participaram da reunião representantes da Fundação Nacional do Índio (FUNAI), Secretaria de Estado para Povos Indígenas (SEIND), Centro Estadual de Unidades de Conservação (CEUC) e Secretaria Municipal de Produção do Município de Carauari.

A presença de representantes da FUNAI e SEIND possibilitou um diálogo com as lideranças indígenas das etnias Kulina e Kanamari para dirimir dúvidas quanto a sobreposição de áreas proposta para ampliação da RESEX do Médio Juruá e áreas demandadas para reconhecimento por esses povos.

Para o analista ambiental Leonardo Pacheco as parcerias estabelecidas entre organizações governamentais e lideranças mostram que, para além dos conflitos,  é possível estabelecer uma relação de cooperação entre os dois grupos e as diferentes organizações de governo. “Estamos ajudando a reescrever a história das relações entre seringueiros e índios na região do Médio Juruá!” , afirmou Leonardo.

Ascom/ICMBio
(61) 3341-9280
Fim do conteúdo da página