Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Geral > Ação conjunta do ICMBio apreende 53 kg de pescado na Baía de Guanabara
Início do conteúdo da página

Ação conjunta do ICMBio apreende 53 kg de pescado na Baía de Guanabara

Publicado: Quarta, 01 de Junho de 2011, 13h41
Grande parte do pescado foi doado para a população de Itaboraí (RJ)

(01/06/2011) - Para combater a pesca do camarão no período de defeso (reprodução), e a ação irregular dos pescadores, o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), o Ibama e o Batalhão Florestal realizaram em maio, na Baía de Guanabara, no Rio de Janeiro, uma operação que  resultou em multa de R$ 14 mil para os envolvidos e na apreensão de três embarcações, duas redes de arrasto, uma rede de cerco e 53 kg de pescado.  

Segundo o chefe de fiscalização da Área de Proteção Ambiental (APA) de Guapimirim, Carlos Augusto Barbosa, as ações realizadas na época do defeso são de extrema importância. “A fiscalização realizada no período do defeso das espécies mais capturadas é fundamental para garantir a reprodução, possibilitando até mesmo que a atividade pesqueira continue a ser exercida futuramente”, destacou.

A maior parte do pescado apreendido foi doado para a população da localidade de Itambi, em Itaboraí, local que abriga a APA de Guapimirim. Os camarões e peixes que apresentavam condições de sobreviver foram devolvidos à natureza.

Defeso - O período de defeso anual da pesca de arrasto com tração motorizada para a captura de camarão rosa (Farfantepenaeus paulensis, F. brasiliensis e F. subtilis), camarão sete barbas (Xiphopenaeus kroyeri), camarão branco (Litopenaeus schmitti), santana ou vermelho (Pleoticus muelleri) e barba ruça (Artemesia longinaris), nas regiões sul e sudeste do Brasil, é de 1º de março a 31 de maio (Instrução Normativa IBAMA nº 189/2008).


Ascom/ICMBio
(61) 3341-9280
Fim do conteúdo da página