22º Simpósio da Sociedade Ambientalista Brasileira no Cerrado

No dia 13/11 será realizado o 22° Simpósio Ambientalista Brasileiro no Cerrado e o RAN/ICMBio é uma das instituições parceiras do evento. O evento terá rodas de conversa com temas voltados à conservação do Cerrado, como gestão pública ambiental, mudanças climáticas, educação ambiental, gestão do solo e água em bacias hidrográficas. Também haverá espaço para apresentação de trabalhos científicos. Mais informações podem ser obtidas no endereço do folder abaixo.

22o Simpósio da SABC - 13.11.19 - PUC-Goiás

 

 

No dia 13/11 será realizado o 22° Simpósio Ambientalista Brasileiro no Cerrado e o RAN/ICMBio é uma das instituições parceiras do evento. O evento terá rodas de conversa com temas voltados à conservação do Cerrado, como gestão pública ambiental, mudanças climáticas, educação ambiental, gestão do solo e água em bacias hidrográficas. Também haverá espaço para apresentação de trabalhos científicos. Mais informações podem ser obtidas no endereço do folder abaixo. Normal 0 21 false false false PT-BR X-NONE X-NONE /* Style Definitions */ table.MsoNormalTable {mso-style-name:"Tabela normal"; mso-tstyle-rowband-size:0; mso-tstyle-colband-size:0; mso-style-noshow:yes; mso-style-priority:99; mso-style-parent:""; mso-padding-alt:0cm 5.4pt 0cm 5.4pt; mso-para-margin-top:0cm; mso-para-margin-right:0cm; mso-para-margin-bottom:8.0pt; mso-para-margin-left:0cm; line-height:107%; mso-pagination:widow-orphan; font-size:11.0pt; font-family:"Calibri",sans-serif; mso-ascii-font-family:Calibri; mso-ascii-theme-font:minor-latin; mso-hansi-font-family:Calibri; mso-hansi-theme-font:minor-latin; mso-bidi-font-family:"Times New Roman"; mso-bidi-theme-font:minor-bidi; mso-fareast-language:EN-US;}

PAN NORDESTE

Vamos saber mais sobre os Planos de Ação Nacionais para a Conservação das Espécies Ameaçadas de Extinção (PAN) coordenados pelo RAN/ICMBio?

Acesse aqui: http://www.icmbio.gov.br/ran/images/stories/Downloads/PAN_NORDESTE_FINAL.pdf

Avaliação do Estado de Conservação das Serpentes

 

AVALIAÇÃO DO ESTADO DE CONSERVAÇÃO DAS SERPENTES DO BRASIL: CONSULTA AMPLA

O processo de avaliação do estado de conservação da fauna, cujo resultado subsidia a atualização da Lista Nacional Oficial de Espécies Ameaçadas de Extinção, é coordenado pelo ICMBio, e a avaliação da herpetofauna é conduzida pelo Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Répteis e Anfíbios (RAN/ICMBio).

O segundo ciclo de avaliação das serpentes do Brasil está em andamento. Todas as espécies conhecidas para o Brasil serão avaliadas em novembro de 2019. Clique aqui para acessar a lista das espécies. Está aberta a etapa de Consulta Ampla. A Consulta Ampla é uma etapa importante do processo, na qual qualquer pessoa pode contribuir enviando informações sobre as espécies, incluindo registros de ocorrência e informações sobre ameaças. Para participar da consulta, acesse o Sistema de Avaliação do Estado de Conservação da Biodiversidade (SALVE) clicando no link . É necessário registrar-se e efetuar login para visualizar as fichas das espécies e enviar contribuições. A Consulta Ampla ficará aberta até 30 de setembro de 2019. Desde já, agradecemos!

AVALIAÇÃO DO ESTADO DE CONSERVAÇÃO DAS SERPENTES DO BRASIL: CONSULTA AMPLA

AVALIAÇÃO DO ESTADO DE CONSERVAÇÃO DAS SERPENTES DO BRASIL: CONSULTA AMPLA

O processo de avaliação do estado de conservação da fauna, cujo resultado subsidia a atualização da Lista Nacional Oficial de Espécies Ameaçadas de Extinção, é coordenado pelo ICMBio, e a avaliação da herpetofauna é conduzida pelo Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Répteis e Anfíbios (RAN/ICMBio).

O segundo ciclo de avaliação das serpentes do Brasil está em andamento. Todas as espécies conhecidas para o Brasil serão avaliadas em novembro de 2019. Clique aqui para acessar a lista das espécies.

Está aberta a etapa de Consulta Ampla. A Consulta Ampla é uma etapa importante do processo, na qual qualquer pessoa pode contribuir enviando informações sobre as espécies, incluindo registros de ocorrência e informações sobre ameaças.

Para participar da consulta, acesse o Sistema de Avaliação do Estado de Conservação da Biodiversidade (SALVE) clicando no link https://salve.icmbio.gov.br/salve-consulta/. É necessário registrar-se e efetuar login para visualizar as fichas das espécies e enviar contribuições.

A Consulta Ampla ficará aberta até 30 de setembro de 2019.

Desde já, agradecemos!! Normal 0 21 false false false PT-BR X-NONE X-NONE /* Style Definitions */ table.MsoNormalTable {mso-style-name:"Tabela normal"; mso-tstyle-rowband-size:0; mso-tstyle-colband-size:0; mso-style-noshow:yes; mso-style-priority:99; mso-style-parent:""; mso-padding-alt:0cm 5.4pt 0cm 5.4pt; mso-para-margin-top:0cm; mso-para-margin-right:0cm; mso-para-margin-bottom:10.0pt; mso-para-margin-left:0cm; line-height:115%; mso-pagination:widow-orphan; font-size:11.0pt; font-family:"Calibri",sans-serif; mso-ascii-font-family:Calibri; mso-ascii-theme-font:minor-latin; mso-hansi-font-family:Calibri; mso-hansi-theme-font:minor-latin;}

Aluno da UFRPE desenvolve aplicativo para conservação dos Anfíbios Anuros

ALUNO DA FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO CRIA APLICATIVO QUE AUXILIA NA CONSERVAÇÃO DE ANFÍBIOS NA NATUREZA.

AVALIAÇÃO DO ESTADO DE CONSERVAÇÃO DOS ANFÍBIOS: CONSULTA AMPLA DA 3º OFICINA

O processo de avaliação do estado de conservação da fauna, cujo resultado subsidia a atualização da Lista Nacional Oficial de Espécies Ameaçadas de Extinção, é coordenado pelo ICMBio, e a avaliação da herpetofauna é conduzida pelo Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Répteis e Anfíbios (RAN/ICMBio).

O segundo ciclo de avaliação dos anfíbios do Brasil está em andamento, já tendo sido avaliadas 783 espécies. Restam ainda 325, que serão avaliadas na 3ª oficina. A lista de espécies, que ocorrem predominantemente nas regiões Nordeste (Caatinga e Mata Atlântica) e Sul (Pampa e Mata Atlântica), pode ser acessada aqui.

Está aberta a etapa de Consulta Ampla para essas espécies. A Consulta Ampla é uma etapa importante do processo, na qual qualquer pessoa pode contribuir enviando informações sobre as espécies, incluindo registros de ocorrência, e seu habitat.

Para participar da consulta, acesse o Sistema de Avaliação do Estado de Conservação da Biodiversidade (SALVE) clicando no link https://salve.icmbio.gov.br/salve-consulta/. É necessário registrar-se e efetuar login para visualizar as fichas das espécies e enviar contribuições. Publicações sobre as espécies (artigos, dissertações, teses, etc.) também podem ser encaminhadas para o endereço O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo..

A Consulta Ampla ficará aberta até 31 de agosto de 2018.

Desde já, agradecemos!!

AVALIAÇÃO DO ESTADO DE CONSERVAÇÃO DOS ANFÍBIOS 2.º CICLO

A avaliação do estado de conservação da fauna é coordenada pelo ICMBio, sendo que a dos répteis e anfíbios é coordenada pelo Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Répteis e Anfíbios (RAN/ICMBio) e conta com a importante participação da comunidade científica. A metodologia de avaliação adotada pelo ICMBio é da União Internacional para Conservação da Natureza (UICN).

O processo de avaliação do estado de conservação da fauna no Brasil é um processo dinâmico, o 1.º Ciclo ocorreu de 2009 a 2014, onde 12.265 espécies foram avaliadas, resultando em 1.173 táxons oficialmente ameaçados de extinção, para mais informações acesso os link: http://www.icmbio.gov.br/portal/especies-ameacadas-destaque e http://www.icmbio.gov.br/portal/faunabrasileira/avaliacao-do-risco-de-extincao.

O RAN iniciou o 2.º. Ciclo de Avaliação do Estado de Conservação da Herpetofauna o ano passado, este ano serão avaliados os Anfíbios, em três Oficinas. A I Oficina ocorrerá em junho. Veja a lista das espécies.

Estamos abrindo chamada para a Consulta Ampla, etapa em que a comunidade científica pode participar do processo contribuindo com informações sobre o táxon e seu habitat.

Os pesquisadores poderão contribuir com o processo preenchendo, para cada espécie, a Fichas de Consulta Ampla com informações importantes para sua avaliação, assim como, indicar os pontos de registros de ocorrência utilizando a planilha de pontos de ocorrência. As fichas e planilha deverão ser encaminhadas para o endereço eletrônico: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. até o dia 05 de Junho de 2017.

Publicações (artigos, dissertações, teses etc) também poderão ser encaminhadas para esse endereço.

Desde já agradecemos!!!!!

JIBÓIA DO RIBEIRA É ENCONTRADA DEPOIS DE 60 ANOS

Graças a um projeto de pesquisadores do Museu de Zoologia da Universidade de São Paulo e do Instituto Butantan, em parceria com o Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Répteis e Anfíbios, foi encontrada no Vale do Ribeira uma espécie de cobra raríssima, que há mais de 60 anos não era vista na Mata Atlântica paulista. Esse projeto integra o Plano de Ação Nacional para a Conservação da Herpetofauna do Sudeste do Brasil.

Corallus cropanii corpo do texto

Corallus cropanii. Foto: Lívia Corrêa/Instituto Butantan

A espécie raríssima é a Corallus cropanii, que foi capturada com ajuda de moradores do Guapiruvu, uma comunidade rural do Vale do Ribeira – SP. Considerada a jiboia mais rara do mundo, essa serpente foi descrita em 1953 pelo herpetólogo Alphonse Richard Hoge, do Instituto Butantan, com base em um único exemplar, que foi trazido vivo até ele por um morador do município de Miracatu – SP.

Para ler a notícia na íntegra acesse:

http://ciencia.estadao.com.br/blogs/herton-escobar/cientistas-encontram-jiboia-mais-rara-do-mundo-na-mata-atlantica/

Publicação do Sumário Executivo do Livro Vermelho da Fauna Brasileira Ameaçada de Extinção.

O Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) publicou o Sumário Executivo do Livro Vermelho da Fauna Brasileira Ameaçada de Extinção. Trata-se de uma síntese do processo de avaliação do risco de extinção da fauna brasileira conduzido pelo Instituto, no período de 2010 a 2014, contendo também a lista das espécies que foram categorizadas com algum grau de risco de extinção.

2º Ciclo de Avaliação dos Quelônios Continentais no Brasil

Seis anos após a primeira avaliação (2010), no período de 24 a 27 de outubro 2016, o Centro Nacional de Pesquisa e Conservação dos Répteis e Anfíbios – RAN/ICMBio realizou a oficina de Avaliação do Estado de Conservação dos Quelônios Continentais, que ocorrem no Brasil.

A metodologia aplicada foi a da União Internacional para Conservação da Natureza (UICN). Doze pesquisadores especialistas em quelônios continentais participaram como avaliadores, representando as seguintes instituições: WCS-Brasil, INEA/RJ, UFMT, UFMS, UFMA, UFAM, UCSAL, UFRGS, CENA/USP e RAN/ICMBio.

Das 31 espécies de quelônios continentais que ocorrem no país quatro ficaram como ameaçadas de extinção, duas como quase ameaçadas, quatro como dados insuficientes e 21 como menos preocupantes. Entretanto, ainda falta a etapa de validação que confere a aplicação da metodologia e categoria atribuída às espécies, só depois o resultado será publicado.

A maioria das espécies ameaçadas sofre forte pressão devido à caça e apanha dos ovos para atender o comércio clandestino, nacional e internacional, ou devido à redução e perda de habitat, principalmente em decorrência do desmatamento das margens dos rios, formação de barragens e alterações nos sistemas hídricos.

Estudos sobre história de vida e monitoramento populacional foram recomendados para verificação dos efeitos dessas ameaças sobre as espécies em geral. Também foi ressaltada a importância da continuidade das ações de proteção e manejo dos quelônios amazônicos e implementação das ações dos Planos de Ação Nacionais voltados para conservação das espécies ameaçadas e demais beneficiadas.

Participantes da Oficina de Avaliação dos Quelônios Continentais

Participantes da Oficina de Avaliação dos Quelônios Continentais, realizada no período de 24 a 27 de outubro de 2016, na Acadebio, Iperó-SP.