Submissões

Submissões Online

Já possui um login/senha de acesso à revista Revista CEPSUL - Biodiversidade e Conservação Marinha?
Acesso

Não tem login/senha?
Acesse a página de cadastro

O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso.

 

Diretrizes para Autores

NORMAS PARA PUBLICAÇÃO


Escopo e Linhas Gerais

A Revista Cepsul - Biodiversidade e Conservação Marinha publica o resultado de pesquisas originais relacionadas aos ecossistemas marinhos e costeiros. A Revista publica artigos em Português, Inglês e Espanhol.  Os originais serão encaminhados à Secretaria da Revista, devendo estar de acordo com as instruções. Artigos que não estiverem no formato correto serão devolvidos aos autores, sem avaliação.
A identificação de autoria do trabalho deve ser removida do arquivo e da opção Propriedades no Word, garantindo desta forma o critério de sigilo da Revista. Os trabalhos que estiverem de acordo com as instruções serão enviados aos revisores. Os artigos serão analisados no sistema Duplo Cego, no qual os autores não conhecem a identidade dos revisores e os revisores não conhecem a identidade dos autores. Os artigos serão publicados pela sua ordem de aceitação. Após a publicação os autores receberão um arquivo em formato pdf do seu trabalho.


Preparação dos Manuscritos

Os trabalhos devem ser encaminhados por meio digital, em arquivos em formato Microsoft Word, OpenOffice ou RTF. Figuras devem ser encaminhadas em formato jpg, bmp ou tif, com definição mínima de 300dpi. As figuras e tabelas devem estar no final do texto ou em arquivo separado para facilitar a avaliação. Os trabalhos devem ser digitados em folha A4, com fonte Arial 12, espaço duplo entre as linhas, 3,0cm de margens superior e inferior e 2,5cm de margens direita e esquerda. Palavras em língua diferente do manuscrito, bem como o nome científico de espécies, devem ser escritos em itálico.

Os títulos devem ser concisos e fornecerem a ideia precisa do conteúdo do trabalho.

 

Nome dos Autores – Use hífens para nomes compostos (C. Azevedo-Ramos, M. L. López-Rulf). O nome dos autores deve ser apresentado em ordem de autoria.

 

Todos artigos devem apresentar resumos escritos em parágrafo único em Português e em Inglês, no início do corpo principal do trabalho. Quando a língua original do trabalho for Espanhol, deve ser apresentado o resumo em Espanhol, além dos dois idiomas citados. Os resumos devem apresentar as mesmas informações e conter um resumo dos resultados e conclusões principais, não podendo ultrapassar 250 palavras. O título do trabalho deve aparecer no resumo escrito em linguagem diferente do texto principal.

 

Enviar, junto com o manuscrito, os nomes e endereços de e-mail de 3 revisores potenciais que não devem pertencer à mesma instituição e que não tenham vínculo de colaboração recente com os autores.

 

Os autores são convidados a divulgar qualquer conflito real ou potencial de interesse (sejam relações financeiras, pessoais ou de qualquer outra natureza) com  pessoas ou organizações que poderiam, eventualmente, influenciar de forma inadequada o seu trabalho, visando a adequada indicação, por parte da Revista, dos revisores.

 

Estrutura do manuscrito


Artigo

Páginas iniciais - Título do artigo, Resumo em português, Palavras-chave em Português, Resumo em Inglês, Palavras-Chave em Inglês (de três a seis palavras). Quando o manuscrito for escrito em Espanhol, o resumo e palavras-chave nesta língua serão os primeiros seguido pelos resumos e palavras-chave em Português e Inglês.

Páginas seguintes – Introdução, Material e Métodos, Resultados, Discussão, Agradecimentos (opcional), Referências. As Tabelas e as Figuras devem aparecer em páginas individuais. As figuras e tabelas devem ser numeradas com algarismos arábicos, de acordo com sua ordem de menção ao longo do texto.

Os artigos não devem exceder 5MB, incluindo tabelas e figuras. Os autores devem restringir o número de figuras e tabelas ao estritamente necessário ao entendimento do artigo. As tabelas devem ter título conciso e claro. Notas de rodapé são desencorajadas, exceto quando forem essenciais para o entendimento. Símbolos e abreviações das tabelas e figuras devem ser definidos no texto principal ou legendas. As medidas usadas devem ser do sistema métrico internacional.

Os manuscritos devem ter até 40 páginas (espaçamento duplo, tabelas e figuras não incluídas). O resumo deve conter até 250 palavras.

Todas as páginas e linhas devem ser numeradas, inclusive a do título.


Artigo de revisão

Páginas iniciais - Título do artigo, Resumo em português, Palavras-chave em Português, Resumo em Inglês, Palavras-Chave em Inglês (de três a seis palavras). Quando o manuscrito for escrito em Espanhol, o resumo e palavras-chave nesta língua serão os primeiros seguido pelos resumos e palavras-chave em Português e Inglês.

Páginas seguintes – Introdução – devem ser expostos o tema do artigo, o problema abordado, as hipóteses, quando couberem, as questões de pesquisa, bem como a relevância e a justificativa da pesquisa. A introdução deve conter de 6 a 8 parágrafos;

Metodologia - neste tópico, devem ser descritos o tipo de pesquisa (Ex.: Revisão integrativa, revisão sistemática, revisão crítica da literatura); a definição sobre o tipo de pesquisa; a questão norteadora da revisão científica; o período em que ocorreu a busca dos periódicos (Ex.: Março a junho de 2013); o banco de dados utilizados para a busca dos periódicos (Ex.: SCIELO, BIOONE); as palavras-chaves ou descritores utilizados para a busca dos artigos; o número de artigos encontrados; os critérios utilizados para a seleção dos artigos; o número total de artigos analisados e o idioma correspondente; e como ocorreu a análise dos estudos. É importante ressaltar se houve a utilização de formulário para a análise dos artigos selecionados. Observação: a metodologia deve ser descrita em texto único, sem a inclusão de subtópicos;

Resultados - refere-se à descrição dos dados/informações encontrados na pesquisa, sem incluir interpretações ou comentários (próprios ou respaldados pela literatura científica). Podem ser apresentados de forma discursiva ou organizados em forma de tabelas, quadros ou figuras, seguidos de explicações que complementem os achados do estudo. As tabelas, quadros e figuras devem ter um título breve, serem numeradas consecutivamente com algarismos arábicos na ordem em que forem inseridas no texto. Sua identificação deve ser seguida da fonte.

Discussão - fundamenta os dados obtidos e aos resultados alcançados com base na literatura científica, em evidências e interpretações do autor, enfatizando os novos e importantes aspectos observados no estudo e discutindo as concordâncias e divergências encontradas nos artigos analisados, com base no problema de pesquisa elencado. Pode ser organizada em forma de categorias temáticas. Resultados e discussão podem ser agrupados num único tópico.

Agradecimentos (opcional) e Referências (devem seguir padrão da Revista). As Tabelas e as Figuras devem aparecer em páginas individuais. As figuras e tabelas devem ser numeradas com algarismos arábicos, de acordo com sua ordem de menção ao longo do texto.

Os artigos não devem exceder 2MB, incluindo tabelas e figuras. Os autores devem restringir o número de figuras e tabelas ao estritamente necessário ao entendimento do artigo. As tabelas devem ter título conciso e claro. Notas de rodapé são desencorajadas, exceto quando forem essenciais para o entendimento. Símbolos e abreviações das tabelas e figuras devem ser definidos no texto principal ou legendas. As medidas usadas devem ser do sistema métrico internacional.

Os manuscritos devem ter até 50 páginas (espaçamento duplo, tabelas e figuras não incluídas). O resumo deve conter até 250 palavras.

Todas as páginas e linhas devem ser numeradas, inclusive a do título.

 

Nota Breve

Páginas iniciais - Título do manuscrito, Resumo em português, Palavras-chave em Português, Resumo em Inglês, Palavras-Chave em Inglês (de três a seis palavras). Quando o manuscrito for escrito em Espanhol, o resumo e palavras-chave nesta língua serão os primeiros seguido pelos resumos e palavras-chave em Português e Inglês.

Páginas seguintes – Texto corrido, podendo ter Agradecimentos antes das Referências. As Tabelas e as Figuras devem estar no final do texto ou em arquivo separado para facilitar a avaliação, devendo ser numeradas com algarismos arábicos, de acordo com sua ordem de menção ao longo do texto.

Os manuscritos devem apresentar até 10 páginas (espaçamento duplo, tabelas e figuras incluídas). O resumo deve conter até 150 palavras.

Todas as páginas e linhas devem ser numeradas, inclusive a do título.

 

Artigo de Opinião

Deve expressar o posicionamento do autor diante de algum tema atual e de relevância para a sociedade.

É importante que os fatos e argumentos sejam abordados com objetividade, compartilhando um ponto de vista, permitindo ao leitor construir sua própria opinião sobre o assunto.

Páginas iniciais - Título do artigo, Resumo em português, Palavras-chave em Português, Resumo em Inglês, Palavras-Chave em Inglês (de três a seis palavras). Quando o manuscrito for escrito em Espanhol, o resumo e palavras-chave nesta língua serão os primeiros seguido pelos resumos e palavras-chave em Português e Inglês.

Páginas seguintes – Texto livre com avaliação crítica resultantes de estudos, pesquisas ou análises concernentes a temas de interesse adotados no escopo da revista. No entanto, recomenda-se uma estrutura básica para o texto: Apresentação – contextualização da questão em discussão (ponto de vista); Tese – explicitação da posição assumida; Argumentação – exposição de pensamentos e opiniões que sustentam a sua posição; e

Conclusão – uma síntese das assertivas apresentadas pelo autor.

Os Agradecimentos devem vir antes das Referências. As Tabelas e as Figuras devem estar no final do texto ou em arquivo separado para facilitar a avaliação, devendo ser numeradas com algarismos arábicos, de acordo com sua ordem de menção ao longo do texto.

Os manuscritos devem até 20 páginas (espaçamento duplo, tabelas e figuras incluídas). O resumo deve conter até 150 palavras.

Todas as páginas e linhas devem ser numeradas, inclusive a do título.

 

Documentos Técnicos

São documentos técnicos produzidos a partir de ações de pesquisa e monitoramento da biodiversidade costeira marinha no âmbito das unidades de conservação federais e centros de pesquisa e conservação do ICMBio. Diferem-se dos artigos científicos e notas técnicas por não seguirem uma estrutura única de organização de texto e número de páginas, bem como por serem avaliados somente no âmbito do Comitê Editorial. Constituem-se assim, em instrumentos de fácil divulgação de propostas, ações e resultados de pesquisas e monitoramento da biodiversidade costeira marinha.

Os documentos técnicos devem apresentar minimamente a seguinte estrutura:

Páginas iniciais - Título do artigo, Resumo em português, Palavras-chave em Português, Resumo em Inglês, Palavras-Chave em Inglês (de três a seis palavras). Quando o manuscrito for escrito em Espanhol, o resumo e palavras-chave nesta língua serão os primeiros seguido pelos resumos e palavras-chave em Português e Inglês.

Páginas seguintes – redação técnica estruturada, ou seja, expressar com clareza, concisão e harmonia os objetivos propostos, as abordagem e metodologias empregadas no desenvolvimento do trabalho; e

O resumo deve conter até 250 palavras.

Todas as páginas e linhas devem ser numeradas, inclusive a do título.

Os Agradecimentos, quando necessários, devem vir antes das Referências. As Tabelas e as Figuras devem estar no final do texto ou em arquivo separado, devendo ser numeradas com algarismos arábicos, de acordo com sua ordem de menção ao longo do texto.

 

Referências

A citação bibliográfica, no texto, deve ser da seguinte maneira: um autor - Mighell (1975) ou (Mighell, 1975); dois autores - Rosa & Schubart (1980) ou (Rosa & Schubart, 1980); três ou mais autores - o sobrenome do primeiro seguido da expressão et al. - Soares et al. (1978) ou (Soares et al., 1978).

 

Os nomes dos periódicos devem ser abreviados segundo a World List of Scientific Periodicals (http://library.caltech.edu/reference/abbreviations/) ou de acordo com a base de dados do Catálogo Coletivo Nacional (CCN -IBICT) (http://ccn.ibict.br/busca.jsf).

 

As referências no fim do texto devem aparecer em ordem alfabética, seguindo cronologicamente a ordem dos trabalhos de um mesmo autor.

 

As REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS devem apresentar a seguinte estrutura:

 

Periódicos

AZAN, F., FENCHEL, T., FIELD, J. G., GRAY, J. S., MEYER-REIL, L. A. & THINGSTAD, F. 1983. The ecological role of water-column microbes in the sea. Mar. Ecol. Prog. Ser., 10: 257-263.


Livro

MARGALEF, R. 1977. Ecologia. Barcelona, Omega. 191p.


Capítulo em livro

COUSSEAU, M. B. 1985. Los peces del Rio de la Plata y de su Frente Marítimo. In YAÑES-ARANCIBA, A. (ed.). Fish Community Ecology in Estuaries and Coastal Lagoons: Towards an Ecosystem Integration. DR (R) UNAM Press, Mexico, chap. 24: 515-534.

 

Trabalhos Acadêmicos (Dissertações, Teses, Monografias, entre outros)

GODINHO, H. M. 1972 Contribuições ao estudo do ciclo reprodutivo de Pimelodus maculatus Lacépède, 1803 (Pisces, Siluroidei) associado a variações morfológicas do ovário e a fatores abióticos. São Paulo. 94p. (Tese de Doutorado. Instituto de Ciências Biomédicas, USP).

 

Documento Jurídico

BRASIL, 2009. Decreto n° 6.981, de 13 de outubro de 2009. Regulamenta o art. 27, § 6º, inciso I, da Lei nº 10.683, de 2003, dispondo sobre a atuação conjunta dos Ministérios da Pesca e Aquicultura e do Meio Ambiente nos aspectos relacionados ao uso sustentável dos recursos pesqueiros. Diário Oficial [da] União, Brasília, DF, 14 de out. de 2009.

 

Informações eletrônicas (documentos consultados online, em CD-ROM, etc.)

FLORES, S. A. & HIRT, L. M. 2002 Ciclo reproductivo y de fecundidad de Pachyurus bonariensis (Steindachner, 1879), Pisces, Scianidae. B. Inst. Pesca, São Paulo, 28(1): 25-31. Disponível em: <ftp://ftp.sp.gov.br/ftppesca/instituto%20de%20pesca%2025-31.pdf>. Acesso em: 26 ago. 2004.

 

Imprensa não científica

Citações de revistas e jornais não científicos: VIANNA, C. A. S. O peixe-papagaio na Ilha Grande. O Globo. Rio de Janeiro, p. 23, 22 ago. 2003.


Comunicação pessoal, embora deva ser evitada, quando seu uso se fizer necessário, uma declaração do responsável pela informação deverá acompanhar o manuscrito.

 

A citação de resumos de congressos não será aceita. É desencorajada a citação de teses e dissertações, com exceção das disponíveis on-line na íntegra.

 

Outras Recomendações

Autores podem incluir links para as fontes de Internet em seu artigo. Isto é especialmente encorajado para as Referências Bibliográficas. Quando inserir uma referência de webpage, favor incluir a parte do endereço: http://.

 

A submissão deve ser aprovada por todos os coautores, bem como pelas autoridades da instituição na qual o trabalho foi realizado.

 

Após o aceite do artigo, os autores receberão um termo repassando para a Revista Cepsul – Biodiversidade e Conservação Marinha os direitos de publicação, que deverá ser assinado por todos os autores do trabalho. Antes da publicação os autores receberão a prova do artigo, para análise final.

 

Antes de submeter o trabalho, os autores devem checar o manuscrito cuidadosamente, verificando a gramática, a ortografia, a correspondência entre as referências citadas e as listadas, a correspondência entre o número das figuras e tabelas apresentadas e as mencionadas no texto. Tal ação facilita o processo de avaliação e correção do manuscrito.

 

Condições para submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.

  1. A contribuição é original e inédita, e não está sendo avaliada para publicação por outra revista; caso contrário, deve-se justificar em "Comentários ao editor".
  2. O arquivo da submissão está em formato Microsoft Word, OpenOffice ou RTF até 5MB (além deste limite, consultar o suporte da revista).
  3. URLs para as referências foram informadas quando possível.
  4. O texto está em espaço duplo; usa fonte Arial de 12-pontos; emprega itálico ao invés de sublinhar (exceto em endereços URL); com figuras e tabelas inseridas no final do texto ou figuras em um arquivo suplementar separado.
  5. O texto segue os padrões de estilo e requisitos bibliográficos descritos em Diretrizes para Autores, na página Sobre a Revista.
  6. A identificação de autoria deste trabalho foi removida do arquivo e da opção Propriedades no Word, garantindo desta forma o critério de sigilo da revista, caso submetido para avaliação por pares (ex.: artigos), conforme instruções disponíveis em Assegurando a avaliação pelos pares cega.

  7. O resumo apresenta no máximo 250 palavras em português e parágrafo único. Também está traduzido para a língua inglesa (Abstract). Quando o trabalho original estiver em espanhol, deve apresentar resumo na língua original, português e inglês (se solicitado, indicaremos tradutores para autores brasileiros e estrangeiros).
  8. Foram acrescentadas abaixo do resumo de 3 a 6 palavras-chave, bem como as correspondentes "key words" abaixo do Abstract.
  9. As páginas e linhas estão todas numeradas, inclusive a do título.
  10. A submissão foi aprovada por todos os co-autores, bem como pelas autoridades da instituição na qual o trabalho foi realizado.
  11. Foram evitadas notas de rodapé, as mesmas foram incorporadas no texto.
  12. Foi utilizado o Sistema Internacional de Medidas (SI) para medidas.
  13. O autor e co-autores concordam em ceder os direitos autorais do texto à Revista, tendo de citá-la sempre que usarem seu conteúdo.
  14. Sugerir a área temática (veja as áreas em Foco e Escopo da Revista) na qual o artigo se enquadra no item "Comentários ao Editor" (final desta página).
 


ISSN 2177-9392

Qualis Periódicos (2013 - 2016):

“B5” - CIÊNCIAS AMBIENTAIS; ENSINO; INTERDISCIPLINAR.

“C” - BIODIVERSIDADE; ZOOTECNIA / RECURSOS PESQUEIROS; BIOTECNOLOGIA; COMUNICAÇÃO E INFORMAÇÃO.