Estrutura populacional de Uca (Minuca) mordax (Smith, 1870) (Decapoda: Ocypodidae) em um sistema estuarino impactado no Sul do Brasil

Allan C. S. Scalco, Camila A. Ramos, Harry Boos

Resumo


A estrutura populacional do caranguejo chama-maré Uca (Minuca) mordax (Smith, 1870) foi estudada no estuário do Rio Itajaí-Açú, Santa Catarina, Brasil. Este estuário sofre impacto ao receber efluentes domésticos, industriais e agrícolas dos municípios do Vale do Itajaí, um dos mais importantes polos industriais e urbanos do estado de Santa Catarina. As coletas dos caranguejos foram efetuadas mensalmente no verão de 2012/2013 (dezembro a fevereiro) em quatro áreas, onde ocorreu a caracterização da cobertura vegetal e do percentual de matéria orgânica no sedimento. Foram coletados 394 espécimes, sendo 219 machos e 175 fêmeas (17 ovígeras). As áreas amostradas distantes da foz do rio (áreas C e D) foram responsáveis pela captura de aproximadamente 75% do total de espécimes amostrados. A razão sexual total não seguiu a proporção 1:1, ocorrendo predomínio de machos (1,3:1). O tamanho médio da largura da carapaça (LC, mm) dos machos (17,0 ± 2,6 mm) foi significativamente superior ao das fêmeas (16,1 ± 2,1 mm), com o maior macho medindo 26,1 mm, correspondendo ao maior indivíduo desta espécie já registrado na literatura. Apesar da deterioração ambiental do estuário do Rio Itajaí-Açú, a população de U. (M.) mordax ainda apresenta estrutura etária e sexual semelhante às registradas em outras localidades. Contudo, novas alterações das características naturais, como a perda de habitat observada em uma das áreas amostradas, terão influência direta no recrutamento, crescimento e reprodução desta e outras espécies. Portanto, torna-se urgente a manutenção das áreas naturais remanescentes.


Palavras-chave


Caranguejo, chama-maré, estuário, impacto ambiental, manguezal, Itajaí-Açú, Crustacea.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2177-9392

Qualis Periódicos (2013 - 2016):

“B5” - CIÊNCIAS AMBIENTAIS; ENSINO; INTERDISCIPLINAR.

“C” - BIODIVERSIDADE; ZOOTECNIA / RECURSOS PESQUEIROS; BIOTECNOLOGIA; COMUNICAÇÃO E INFORMAÇÃO.